PT JÁ FAZ SUA AUTOCRÍTICA: PRECISA RECONQUISTAR TERRENO JUNTO À JUVENTUDE

O que acontece é que, nesses 10 anos de PT, o povo não foi para as ruas. Os sindicatos, as uniões estudantis, os partidos de esquerda ao longo dessa década não levaram as multidões para protestar nas praças e avenidas. Houve uma desmobilização geral. E faz parte da alma do povo ir às ruas. Os jovens, sobretudo, como eu já disse aqui, querem as ruas, o sopro do encantamento da liberdade do céu aberto, de bradar aos quatro ventos suas ansiedades.

O PT, perigosa e principalmente, não percebeu isso. Não voltou seus olhos para a juventude. Não a mobilizou, cortejou, seduziu, como sempre fez. Tomou-a por garantida. E ela não estava.

A juventude, a cada geração, é feita de matéria nova, de novos desejos e perspectivas. Nem digo a cada geração, que é medida de 20 em 20 anos, reduzo isso para de 10 em 10, o que em breve será a cada modelo novo de Iphone ou Ipad.

Agora, ouço ecos petistas no Rio, em São Paulo, na Bahia, de seu pasmo diante do que o partido vê acontecer nas ruas, fazendo a autocrítica de que deveria, sim, ter olhado mais pelos jovens, de que está custando caro sua omissão junto à juventude, da qual está tão distante. Um terreno a ser conquistado. É SEU PRÓXIMO PROJETO.

5 ideias sobre “PT JÁ FAZ SUA AUTOCRÍTICA: PRECISA RECONQUISTAR TERRENO JUNTO À JUVENTUDE

  1. O Chile, um dos países mais “abertos” do mundo, é aquele que tem a democracia mais, digamos, estabilizada da América Latina.

    Mil vezes morar no Chile do que na Venezuela, país-modelo do PT.

  2. Alguém aqui sabe como ocorreu o golpe de Estado no Irã ao tempo de Mossadeq?

    Manifestações parcialmente espontâneas de rua foram DISTORCIDAS e USADAS por iranianos ligados a CIA e agentes desta agencia norte-americana que estavam no Irã. O resultado foi a deposição de um governo laico que havia nacionalizado o petróleo. Os EUA colocaram então o Xá Reza Pahlavi no poder e ele permitiu o acesso ao petróleo iraniano pelas companhias petrolíferas norte-americanas. NÃO SE ESQUEÇAM QUE TEMOS O PRÉ-SAL e que os gringos desejam muito ter acesso ao mesmo (tucanos como FHC, Serra, Aécio e Alckimin entregariam o nosso petróleo para os EUA de bom grado, em troca de “mimos” e “agrados”).

    Toda política interna norte-americana depende da gasolina barata nas bombas. E toda política externa dos EUA gira em torno do petróleo dos outros povos desde a década de 1950. Ao menor sinal de fraqueza ou divisão grave interna de um país que tenha reservas petrolíferas (ou comprometimento do sistema de representação política), os norte-americanos introduzem sua agenda e usam seus “amigos” dentro do país despejando dinheiro para fomentar “um novo regime”.

    Cá os EUA têm muitos “amigos” (inclusive na mídia, em parte sustentada com dinheiro de propaganda das empresas norte-americanas sediadas no Brasil). Há bem pouco tempo, FHC e José Serra já estavam rifando o Pé-Sal antes mesmo do PSDB ganhar a eleição presidencial. ABRAM SEUS OLHOS MENINOS E MENINAS DO BRASIL, pois este seu movimento pode ser usado e desaguar no mesmo resultado que ocorreu lá no Irã na década de 1950 (um regime fascista pró-EUA que matou e torturou muita gente enquanto os norte-americanos exploravam o petróleo do país).

    Até o mundo vegetal sabe que FHC, Serra e Aécio são ligados aos interesses norte-americanos no Brasil. Curiosamente eles estão sumidos. Há, portanto, uma pergunta que não quer calar.

    O povo está nas ruas. Onde estão FHC, Aécio e José Serra?

  3. É fácil: basta o PT afastar seus próprios dirigentes corruptos e condenados pelo STF que estão – pasme você – na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara! Acabar com a farra da gastança governamental traduzida pelos 38 ministérios mantendo apenas uns 10, cortando despesas na própria carne; e enviando um Projeto de Lei para a Câmara propondo eliminar todos os “complementos salariais” do Poder Legislativo, indexando os salários de Senadores e Deputados ao Salário Mínimo (os primeiros passam a receber 20 SM, os segundo 15 SM).

    Se fizer isso, se tiver coragem de tentar mudar nas causas do que está levando milhares de pessoas às ruas para protestar, o PT vai ganhar não apenas a Juventude, mas as eleições gerais pelos próximos 50 anos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *