MANCHETE DO ANO: PORTUGAL TRAZ DE VOLTA O OURO DO BRASIL COLÔNIA!

Bem, meus amores, a manchete é verdadeira, dependendo da interpretação que se for dar a ela…

Trata-se da exposição O BESNumismática e o Brasil, aberta no Museu Histórico Nacional, que pela primeira vez traz às vistas do público mundial (pois nem mesmo em Portugal, onde esta coleção se encontra, ela já foi exposta), as peças valiosíssimas da coleção de numismática do Banco Espírito Santo, com as moedas de ouro do Brasil Império, cunhadas em nosso país e levadas para Portugal.

Ouro nosso, maciço, saído das minas gerais alterosas e arredores, que agora retorna em grande estilo, podendo ser visto através de grossas vitrines blindadas de vidro, sob permanente vigilância 24h/dia.

O que agora é exposto é apenas um pequeno, minúsculo mostruário, 150 moedas brasileiras e barras de ouro, da coleção de numismática do maior grupo financeiro de Portugal, que na verdade reúne 13 mil itens de moedas e barras do mais precioso ouro!

E, como o rio corre para o mar, o ouro corre para o ouro. Atraídos como por um ímã que chama a riqueza, compareceram ao vernissage alguns dos sobrenomes mais coroados do…. mundo!

A começar por Christopher Getty, da dinastia do emblemático Paul Getty, seu avô (ou seria bisavô?), o homem mais rico do mundo em sua época!

Presente também o Helcius Pitanguy, da dinastia Pitanguy, filho do Rei da Cirurgia Plástica.

E ainda o simbólico sobrenome Monteiro de Carvalho, que reluz no Rio de Janeiro, em São Paulo, Monte Carlo, Paris e arredores, representado pela loura-e-bela-sempre, Lilibeth...

Sem esquecer o cacho completo dos Espírito Santo, a mais tradicional família de banqueiros de Portugal, e também os mais poderosos…

Ah, havia também os sobrenomes Gouvêa Vieira, Rique, Salgado, Avillez, Richers, Azambuja, Tamborindeguy, Corrêa do Lago, Chartouny, enfim, confiram nas fotos, as famílias douradas, todas muito bem representadas, pois, se nem tudo que reluz é ouro, quando o ouro de fato reluz, o ouro que é ouro o reconhece num piscar de olhinhos 😉

OURO BRASILEIRO NO MUSEU

O cônsul de Portugal, Nuno de Mello Bello, entre os que foram  recebidos pelo presidente da comissão-executiva do Banco Espírito Santo, Ricardo Espírito Santo Salgado, e pelo comissário-geral do Ano de Portugal no Brasil, Miguel Horta e Costa.

oURO BRASILEIRO NO mhn

A mostra pode ser vista no MHN até 20 de junho e faz parte das comemorações do Ano de Portugal no Brasil. E este blog recomenda a visita com o maior entusiasmo, não só por sua significância histórica, como também como símbolo da harmonia e da grande amizade histórica que une os dois países, tantos séculos depois do descobrimento…

Exposição-IMG_9110

Exposição-IMG_9145

Fotos de Vera Donato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *