Emoções, revelações e festa para 1.000, na abertura do Festival do Rio

O fotógrafo Sebastião Salgado surpreendeu e emocionou a platéia que foi assistir à sessão de abertura do Festival do Rio. Ao ser chamado ao palco, antes da exibição de “O Sal da Terra”, co-dirigido por seu filho Juliano Salgado e Win Wenders, o fotógrafo mostrou que também é um grande contador de histórias.  Ele comoveu a todos ao falar de suas andanças pelo mundo, com o sacrifício imposto à sua família –  a mulher Lélia e ao filho Juliano, que ficavam meses e meses acompanhando à distância.

Sua declaração de amor à família foi tocante e um excelente aperitivo para o filme de beleza extraordinária.

Após a sessão, foram todos para a boate “Sacadura 154”, antiga The Week, onde as produtoras do festival, Walkiria Barbosa e Ilda Santiago, organizaram uma festa para mais de mil convidados.

frio

Maria de Medeiros (do filme Pulp Fiction)
frio2
Claudia Raia , Ilda Santiago e Valkiria Barbosa
frio3
Sergio Marone
frio4
Antonia Fontenelle
frio5
 O produtor do filme “O sal da terra”, David Rosier, Sebastião Salgado, a mulher Lélia, e o filho Juliano
Fotos e colaboração Waldir Leite

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *