DOS DRINKS AOS PETITS FOURS, SEM ESQUECER O AMUSE BOUCHE

Primeiro, o champagne Don Pérignon servido no bar…

Houve um tempo em que os promotores de festas costumavam dar suas receitas para os eventos bombarem. Invariavelmente, eles diziam: “Bebida farta, gente bonita, música boa e festa sem penetra não bomba”. Virou até um lugar comum: a medida pra se dizer se o festão carioca era bom era a incidência de penetras…

Pois eu vou mudar essa fórmula. Pra mim é o seguinte: para um evento elegante no Rio de Janeiro ter o sabor e o charme típicos cariocas é indispensável um atraso da Gisella Amaral. Nem que seja um atrasinho de pouco mais de meia hora, como foi no último jantar chiquérrimo sentado de Beth Winston para Dino Trapetti, no salão reservado do restaurant Cipriani do Copacabana Palace….

Porque, o que seria das conversas sem esse piece of conversation? “Oh, quem está faltando nessa mesa?”. “A Gisella e o Ricardo”. “De novo?!”. “Não, é que ela tinha um compromisso antes, e ele ficou em casa esperando…”. E aí vai a conversa rendendo. Um lembra um atraso de Gisella em outro jantar sentado. Outro faz a ressalva de que os atrasos são porque ela está sempre envolvida com a caridade, as missas, ocupada em fazer o bem. Mais alguém observa que na Europa, porém, onde a pontualidade é fundamental, Gisella não se atrasa jamais. Aí, a socialite irônica-ferina espeta: “Mas na Europa a pontualidade é sagrada, e Gisella é uma santa!”. E, em plena apoteose de comentários, chega a Gisella, leve, linda, em seu frescor abençoado, sorridente, distribuindo beijos e carinhos sem ter fim, e sempre situada no melhor lugar da mesa a esperá-la. E ao Ricardo. E todos os reverenciam com alegria…

Foi por isso que, no jantar da Winston, no auge dos comments, antes da chegada dos darling Amaral, eu propus: “Um brinde aos atrasos de nossa Gisellinha! E que eles sempre se repitam, para que o Rio de Janeiro não perca um de seus maiores animadores das conversas dos jantares e um dos seus momentos mais charmosos: a entrada de Gisella, sempre ansiosamente aguardada!”. Todos brindaram, achando a maior graça. O Dino, a Yolanda Figueiredo, o Sérgio, o Gigi, o Kleber, o Renato Garavaglia, a Giovanna, a Kiki, o Ivan Aaron eteceteras…

E eis que desponta no fundo da pérgula a Gisella, toda de branco, dando bye-bye, se aproximando, gazela, e logo adentrando o jantar, para Ricardo chegar cinco minutos em seguida, completando a alegria. Eles fazem a festa!…

Assim foram logo abertos os trabalhos pantragruélicos, com muita disposição, com os apetites acentuados pela demora amaralesca, o que foi ótimo, pois um longo menu nos esperava.

O cardápio – Tortellini verde de vitela e cogumelo porcini com manteiga de trufas; filé de robalo com risotto de cavaquinha e limão siciliano; lombo de cordeiro com crosta de alcachofra, batatas torneadas e suflê de espinafre; degustação de sorvete; verrine de chocolate branco e manga; café e petits fours. Sem esquecer o amuse bouche inicial. Tudo regado a vinhos por quem entende de fato…

No mais, papo de reminiscências, histórias do Rio Antigo. Não, não estou falando de Chiquinha Gonzaga. Coisas mais pra pertinho. Odile, Angela Diniz, Doca Street, Odete Lara, fatos alegres e tristes, que todos nós vivemos e testemunhamos…

Dino presidia uma mesa, no gargarejo da vitrine pra piscina. Beth, a outra, redonda. Yolanda estava absoluta com seu cacho de solitários nos dedos. Obra da Iara filha, a talentosa designer cantante. Gisella toda de renda branca. Winston, de negro, como prefere e lhe cai muito bem. Kiki, bicolor, fazendo chic. Iolanda, com jaqueta de brim cheia de colagens e aplicações, muito bonita, obra e graça dela mesma.

E eu embalada nas minhas sedas imprimées de penas de faisão, da próxima coleção do Heckel Verri, que também terá dragões. O rapaz está mesmo inspirado

DINO1 DINO2Fotos de Eduardo Costa

3 ideias sobre “DOS DRINKS AOS PETITS FOURS, SEM ESQUECER O AMUSE BOUCHE

    • Como não? Divina, toda de branco, com a pulseirona quadrada, capotante como sempre, confere bem, Moacir!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *