A arte sai da prisão

Um convite do artista plástico Carlos Vergara para acompanhá-lo ao Presídio Frei Caneca significou para o fotógrafo Eduardo Masini, em vez de prisão, a abertura de novas portas em sua carreira. Depois de produzir ali um vídeo para a exposição Liberdade, de Vergara, atualmente em cartaz no Parque Lage, Masini, com as imagens colhidas no presídio, criou uma série de obras que deram origem à mostra O Devir, que ele inaugurou ontem na Athena Contemporânea, com vernissage muito movimentado e elogios de vários artistas plásticos presentes, inclusive o próprio Vergara e o marchand Liecil Oliveira. A exposição está aberta até 2 de julho e a entrada é gratuita…
DEVIR EduardoMasini A arte sai da prisão
Obra de Masini em sua mostra O Devir
Exposição Liecil Oliveira. Carlos Vergara A arte sai da prisão
O marchand Liecil Oliveira, Carlos Vergara e Eduardo Masini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *