VITÓRIAS DA ACESSIBILIDADE (E DA CARMEN): DEPOIS DO ELEVADOR DO MUNICIPAL, A RAMPA DO CIPRIANI…

No post anterior falei do posicionamento de Carmen Mayrink Veiga contra o leilão do campo de Libra, do Pré Sal. Carmen é mulher de causas e militâncias. Numa delas, a da acessibilidade, tem colhido várias vitórias. Quando o Teatro Municipal do Rio de Janeiro instalou seu elevador para cadeirantes fez questão de convidá-la, sabedor do grande empenho tido por Carmen naquele sentido. Havia muito da luta de Carmen naquele gol em favor de todos os deficientes físicos frequentadores do teatro…

Há tempos, Carmen reclama das dificuldades de acessibilidade no Copacabana Palace, que, a cada nova adaptação de acesso do hotel, a convida para conhecer os progressos. Ela fica feliz e realizada. Agora, querida Carmen, veja o email que acabo de receber da dinâmica diretora-geral do Copa, Andréa Natal:

“Hilde querida,

Gostaria de te comunicar que avançamos mais no nosso projeto de acessibilidade. Já temos a rampa de acesso ao restaurante Cipriani. A plataforma até o restaurante chega em 15 dias”.

E junto Andréa remeteu esta foto abaixo, ilustrativa de que não há mais os degraus, já com o espaço para a instalação da plataforma.

rampaViva a Natal! Viva a Carmen! Viva a Hildezinha! Viva o Copa!

 

2 ideias sobre “VITÓRIAS DA ACESSIBILIDADE (E DA CARMEN): DEPOIS DO ELEVADOR DO MUNICIPAL, A RAMPA DO CIPRIANI…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *