Trampolinagens e grosserias de Trump envergonham a América e são um perigo para o mundo

Via Alta Privacidade, site fechado de Hildegard Angel em fase de implantação

Democratic presidential nominee Hillary Clinton and Republican presidential nominee Donald Trump debate during the third presidential debate at UNLV in Las Vegas, Wednesday, Oct. 19, 2016. (Mark Ralston/Pool via AP)

Google /Michael Ralston /Via AP

Chega a causar mal estar a quem assiste, o jeito desrespeitoso e cafajeste com que Donald Trump se dirige e se refere à sua concorrente nos debates. Particularmente, neste último.

Começa que Hillary Clinton, para Trump, não tem nome. É “ela” ou “essa mulher” ou “mulher nojenta”, pronunciados insistentemente por aquela boca miúda com muchochos de impertinência, e sempre a apontando com o dedo, também miúdo, de mãos pequenas. O que denota falta de educação, pois sabemos que é grave estar apontando o dedo para as pessoas – que dirá em rede mundial de televisão!

Outra coisa que o Trump inspira é que não deve ter sequer concluído o high school. Seu vocabulário é raso como um pires; seu nível gramatical, baixíssimo. Quanto à capacidade de formulação de propostas, sugere um enorme despreparo. Nas Relações Exteriores, sua única via é a da truculência e a do extermínio. As palavras diálogos, estratégia e negociação inexistem. No âmbito da economia interna, sua única visão é a de privilegiar o grande capital e dizimar os pobres, sacrificando-os até o último suspiro. Como se não lhes fosse dado o direito da cidadania e, mesmo, o da vida. Seu “programa”, em muitos pontos, faz-nos lembrar o retrógrado “Ponte para o futuro”, em processo de implantação no Brasil, com a tenebrosa “PEC da Morte”, que paralisará por 20 anos os investimentos da Nação em Educação e Saúde.

Curioso é que as propostas de Hillary para a retomada da América focam na classe média para, a partir dela – de seu crescimento e consumo – fomentar o desenvolvimento e a riqueza do país. Já vimos um filme parecido antes, no segundo governo Lula, e com bastante sucesso,  com a “nova classe média”, lembram?

5 ideias sobre “Trampolinagens e grosserias de Trump envergonham a América e são um perigo para o mundo

  1. Nas eleições municipais, o PT elegeu apenas, eu disse apenas, um prefeito, o de Rio Branco, no Acre. Nas cidades de porte médio, também não conseguiu eleger ninguém, Tanto que Lula, envergonhado com a iminente derrota, não foi votar, alegando ter 71 anos.
    Resumo da ópera: o PT virou cinzas. E o lulismo acabou.

    • Ele votou sim! Eu assisti o vídeo no Facebook do Lula e no do PT. Chega de mentiras! Chega de contrainformação!

  2. O leitor acima está equivocado. Dilma nunca foi expoente de nada. Ela e Lula afundaram o Brasil deixando mais de 12 milhões de desempregados. E os sucessivos e intermináveis escândalos?

  3. So não entendo a omissão de Hillary e Michelle em relação a D. Dilma
    Rousseff, a mulher mais poderosa das Americas.

    • As mulheres defendem o empoderamento feminino mas não se pronunciaram quando uma presidenta eleita democratica e legitimamente foi destituída por um crime q logo após sua condenação deixou de ser crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *