Será culpa do ‘alemão’?

Até as pedras portuguesas do calçadão sabem que quem detectou, identificou, deu nome e lançou a Sociedade Emergente foi esta colunista que vos fala, em minha coluna na época no jornal O Globo. E sabem o que a Veja-Rio em seu número comemorativo diz? Que foi ela!!! Diz que o fenômeno foi espontâneo e ela o difundiu (rs…) Que esquecimento! Na ocasião, esse lançamento valeu até honrosas matérias com esta jornalista no The Economist e no Miami Herald. Além de um troféu da Associação Comercial da Barra da Tijuca, como agradecimento pela projeção dada ao bairro. Aliás, a própria Veja, então, deu crédito a mim e ao veículo, O Globo, o que valeu capa na própria Vejinha, que agora completa 20 anos e ainda é muito jovem para sofrer de falta de memória…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *