Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade


A festa de aniversário da Priscilla Levinsohn foi uma ode ao Rio de Janeiro. O “Boteco da Priscilla” virou o boteco que cada um traz na alma. Um boteco cheio de alegria, ginga, samba e felicidade. A gafieira chique que o decorador Antonio Neves da Rocha montou n área da piscina da casa dos pais de Pri, Ronald e Henriqueta Levinsohn, era do maior bom gosto. Imagens fotográficas do Rio de Janeiro espalhadas pelo salão como enormes painéis, em preto e branco e coloridos, que fizeram da festa um grande enredo em homenagem à Cidade Maravilhosa

Os janelões da casa dão para a floresta da Gávea. Além dos plotters com imagens do Rio, o chão era todo quadriculado de branco e preto e os sofás listrados nas duas cores e as mesinhas de boteco, com tampos também em preto e branco ou com as estampas de cabrochas sambando. Outros detalhes da decoração inventiva de Antonio eram os móbiles com garrafas de cerveja. Os arranjos de flores eram todos em tom laranja…

Ao chegarem, os convidados passavam por um varal de roupas, sinal de que estavam entrando na laje da Priscilla, a laje mais chique da cidade. Ela recebia dentro de um lindo vestido azul marinho noite, coberto de brilhos, como o céu estrelado do Rio…

Sempre com seu “amado”, como Priscilla chama seu marido Emerson Marietto, dono de um par de olhos azuis, e com seu filho Mário Henrique, rapaz super educado e bonito, um partidaço para as jovens de todo mundo, Priscila deu as boas vindas, junto com o conjunto de chorinho que recebia os convidados. Casais de bailarinos contratados rodopiavam no salão e tiravam os convidados para gingar. Muito chique…

Moet et Chandon jorrando, assim como chopeiras da Brahma, que tiravam um chopp espumante e geladíssimo. Os salgadinhos do restaurante do Chico e Alaíde eram sensacionais. Bolinho de tutu com torresmo e recheado de lingüiça, bolinhos de carne seca com abóbora e com requeijão. Para arrematar, pernis assados com abacaxi, que o préprio Chico cortava, fazendo sanduíches deliciosos. No serviço volante, escondidinhos de camarão e muito mais…

Depois do chorinho, o DJ Kahl assumiu os trabalhos, pré-embalando os convidados até começar o show do Dudu Nobre, e a galera cair no samba e no pagode. Priscilla ,claro, comandava no sapatinho, ou melhor, na sandália muito alta, com um remeleixô-ô de deixar qualquer um doido.

O show não deixou ninguém parado. Na primeira fila, Ronald e Henriqueta, assistiam a tudo e mesmo depois do show ainda continuaram na festa por muito tempo…

Fotos de Sebastião Marinho

Priscila 2514  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

Priscilla Levinsohn na pista de dança

Priscila 2488  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

A decoração do boteco

Priscila 2499  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

As mesinhas do boteco

Priscila 2512  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

O grupo de chorinho

Priscila 2637  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

O show de Dudu Nobre

Priscila 2552  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

Emerson Levinsohn, Ronald Gerbaud, Priscilla Levinsohn e Andrea Tostes

Priscila 2607  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

Antonia Frering e Antonio Neves da Rocha

Priscila 2572  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

Bete Floris e Maria Geyer

Priscila 2622  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

Gabriela e Marcelo Itagiba

Priscila 2577  Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

Paula Cleophas e Amelinha Azeredo Divino

Uma ideia sobre “Priscilla Levinsohn faz uma festa na laje mais chique da cidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *