O repouso de um guerreiro de nossa imprensa

Faleceu hoje um dos mais corajosos jornalistas da verdadeira imprensa brasileira, o combativo homem de imprensa Laerte Braga, mineiro de Juiz de Fora. Uma triste e lamentável perda, sobretudo neste momento em que se fazem necessários cidadãos de fibra, lucidez e bravura, como sempre ele demonstrou ser. Estava profundamente abalado pela situação política brasileira. Acompanhou diligentemente, com total comprometimento, cada desdobramento da crise que levou à destituição da presidente Dilma, causando-lhe grande revolta. Em seu blog e aqui no Facebook era uma das vozes mais ativas e presentes, sempre com seus comentários pertinentes e audazes. Jornalista político atilado, via além do momento. E infelizmente costumava acertar em seus prognósticos, que nos últimos tempos apontaram para o lamentável desfecho que agora testemunhamos. Laerte morreu hoje, de infarto, horas depois de, como fazia todas as sextas ou todos os sábados, enviar-me os votos de um bom fim de semana. Sua última mensagem foi postada às 9h24m desta manhã. Dizia: “Um bom fim de semana, a despeito de toda essa barbárie. Hoje vou enfrentar um repouso forçado, uma gripe daquelas.”
O repouso de um guerreiro.
Dados Biográficos de Laerte Braga
Jornalista, trabalhou no Diário Mercantil e no Diário da Tarde de Juiz de Fora, para os Diários Associados e pela agência Meridional (primeira grande agência de notícias do Brasil) e também para os Diários e Emissoras Associadas, tendo sido correspondente do Estado de Minas de Juiz de Fora e Zona da Mata. Também trabalhou como freelancer para revistas e jornais do Brasil e de outros países. Laerte escrevia semanalmente ao Diário Liberdade.

11 ideias sobre “O repouso de um guerreiro de nossa imprensa

  1. Pingback: Laerte Braga, certamente, foi daqueles jornalistas "fora da curva" normal.

  2. Muito lamentável!
    Que a força do guerreiro Laerte Braga continue sendo disseminada por todos que de alguma forma tiveram contato na luta por um Brasil melhor e mais justo.
    Descanse em paz e seja mais um anjo.

  3. Laerte, com quem tive o prazer de conviver e mto dialogar, era um jornalista com um olhar claro, objetivo e definido: era um jornalista de esquerda fiel ao seu ideário ideológico mas sempre comprometido com a verdade e com o bem da causa do povo brasileiro. Não fazia concessões ideológicas ao que associava sua vasta cultura política. O Brasil, em tempos difíceis q ele os percebia com clareza, perde um jornalista da melhor estirpe, nossa cultura fica mais pobre, e mtos de nós perdemos um amigo confiável. Morreu um homem de bem.

  4. Professor de formação e de vida.Junto com ele tive a chance de participar do começo da Consulta Popular em Juiz de Fora.

  5. Extremamente lamentável a morte de meu ótimo jornalista Laerte, faço minha as palavras desse texto e agradeço.

  6. Lamentavel perder mais uma personalidade pensante nesse momento difícil. Laerte Braga, combateu o bom combate. Deixa um espaço vazio no coração do jornalismo sério e imparcial.

  7. Lamentável perda do jornalista Laerte Braga um dos mais combatentes do verdadeiro jornalismo da imprensa brasileira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *