TÓC, TÓC, TÓC… “QUEM BATE?”… “É A 3ª GUERRA MUNDIAL”

No sábado, dia 7 de setembro, enquanto no Brasil supostos black blocs faziam supostos protestos que teriam supostos impactos, que aliás não tiveram, com supostos fins que eles mesmo não supõe quais eram, o Papa Francisco pregava em Roma no Angelus: “Rezemos a fim de que, sobretudo na Síria, cessem imediatamente a violência e a devastação”… “Para que serve fazer guerras, tantas guerras, se não se é capaz de fazer essa guerra profunda contra o mal? Não serve para nada. Não está bem”.

Atendendo à convocação do Papa, saí em peregrinação, ao fim da tarde de sábado, com minha família. Fomos rezar na Igreja de São Judas, no Cosme Velho, e, depois, na de Nossa Senhora de Lourdes, em Vila Isabel, quando passamos pela anunciada manifestação, também suposta (por inexpressiva), próxima ao Palácio da Guanabara, em Laranjeiras.

O momento é de reflexão sobre a Paz no mundo e sobre os motivos que estariam levando os Homens que manejam os cordões do Poder da Terra a provocar guerras sucessivas. Há versões sobre isso.

Uma delas impressiona, aterroriza particularmente a nós brasileiros, sobretudo depois da excelente reportagem de ontem, no Fantástico, quando tomamos conhecimento de que a nossa Petrobras vem sendo espionada por agentes americanos – o que nos leva ao entendimento de que seria mesmo o caso de imediata suspensão dos leilões do Pré-Sal em andamento, para rediscussão do assunto, pois se trata de concorrência desleal, ação predatória e inescrupulosa, quebra de contrato, desacordo de des-cavalheiros ou mais o quê isso possa se chamar…

A versão para as guerras, que impressiona, é a deste vídeo, acessível a todos no YouTube ao qual dou este título:

TÓC, TÓC, TÓC… “QUEM BATE?”… “É A 3ª GUERRA MUNDIAL”

 

 

 

2 ideias sobre “TÓC, TÓC, TÓC… “QUEM BATE?”… “É A 3ª GUERRA MUNDIAL”

  1. Pois é, a qualquer momento podemos mesmo ter uma grande guerra. So espero que o Brasil fique longe desse embate entre ocidente e oriente, muito mais pelo poder, que por defender civis.
    Quanto à espionagem americana, vamos mal. Muito mal. A internet, como todo, virou um ninho de espionagem, como se dizia antigamente. O governo brasileiro vai ter que tomar atitudes sérias sobre esse problema.
    Como não sou de rezar, fico a meditar nisso tudo.
    Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *