O Oscar mais engajado de sua história… as redes sociais explicam.

Foi o Oscar mais engajado. Não nos discursos, mas nas premiações. Uma questão de sobrevivência e de sensibilidade dos promotores do evento, que entenderam que, neste novo tempo das redes sociais, as relações do Poder com a Sociedade se transformaram. Não são mais as mesmas. Não há como impor conceitos e versões à revelia dos fatos. A vox populi se impõe. Os grandes grupos de Poder têm que fazer concessões, a seu modo. E premiar até Snowden. Mesmo que este sapo seja de difícil digestão. Sobreviver é saber se renovar. O que aqui no Brasil os grandes ainda não entenderam. A voz da maioria cada vez mais se faz ouvir através da rede.
E o momento Lady Gaga cantando, com voz extraordinária, operística, num tributo aos 50 anos do filme The Sound of Music (Noviça Rebelde), a maior bilheteria da história do cinema, foi do que mais gostei.
Que grande artista é Gaga. E linda! A plateia inteira se levantou para aplaudi-la.
A primeira fila entusiasmada, Merryl Streep, Jennifer Lopez… e todas as divas se curvaram e ficaram pequenas perto da majestosa Lady Gaga, porque dominar um palco como aquele e uma audiência especial como a ali reunida só mesmo um gigante da cena.
Em seguida, entrou o mito Julie Andrews, que viveu o personagem no filme e não mais canta, por ter perdido a potência da voz… Mas quem foi rainha nunca perde a majestade!

gaga 3Lady Gaga e Julie Andrews … duas rainhas

 

 

2 ideias sobre “O Oscar mais engajado de sua história… as redes sociais explicam.

  1. O que mais me chamou atenção, foi como as mulheres que sabem envelhecer são mais felizes.
    Vê Patricia Arquette, Maryl Streep e Julie Andrews tão maravilhosas e sorridentes,diante de uma Melanie Griffith com um olhar tão triste,me fez perceber que o segredo da juventude é deixar que ela passe.

  2. Me emocionei baldes com a Lady Ga Ga e Julie Andrews, entre outros momentos muito delicados e emocionantes. Foi linda a premiação, você tem absoluta razão no que escreveu, Hilde!!!

Deixe um comentário para Breno Pessurno Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *