O Emmy de Duca Rachid e Thelma Guedes as consagra como grandes renovadoras de um gênero em crise no Brasil

E palmas para as escritoras Thelma Guedes e Duca Rachid pela sua estatueta do 42º Emmy International com a novela Joia Rara (Precious Pearl).

Assisti à Joia Rara com o mesmo deleite magnetizado com que me deixei escravizar por Cordel Encantado, dessa mesma dupla dramatúrgica que julgo ser o grande acontecimento da última década da telenovela brasileira.

As telenovelas foram inicialmente projetadas no país graças ao talento de duas mulheres: Gloria Magadan e Janete Clair. Não deixa de ser significativo que, neste momento crítico vivido pelo gênero, ele receba o necessário impulso revitalizador a partir da inspiração e do prestígio justamente de duas mulheres, Duca Rachid e Thelma Guedes.

Não conheci a cubana Gloria Magadan, mas Janete Clair foi uma boa amiga. Mulher imensamente importante e poderosa no mundo da TV, porém sem uma gota de presunção ou soberba. Janete era uma artista absolutamente tranquila e imersa em seu permanente estado de criação, o que a realizava plenamente.

Assim, Janete podia criar, uma após outra, tramas extraordinárias, românticas, envolventes, que chegavam a emplacar 100 pontos de audiência!

Duca e Thelma receberam o prêmio  com a altivez dos grandes talentos, sem um pingo de deslumbramento ou pretensão, sem excesso de pose ou nariz empinado,.

A dupla Guedes e Rachid demonstra ter, na vida real, a mesma altivez do trabalho que realiza: não é fosforescente.

Imagino que, se ontem Janete recebesse a estatueta do Emmy em Nova York, repetiria as palavras de Thelma e Duca, atribuindo seu sucesso ao desejo de satisfazer o povo brasileiro, fazendo algo de bom por ele e para ele.

De fato, Thelma e Duca são escritoras conscientes de sua responsabilidade perante a ampla e diversificada plateia brasileira. São artistas consequentes e comprometidas com a qualidade do que realizam, o conteúdo que elaboram, a audiência que absorve sua mensagem. Trabalham com responsabilidade e delicadeza. Elaboram obras de arte.

duca rachidDuca Rachid e seu Emmy no New York Hilton Hotel

telma guedes duca rachid emmyThelma Guedes, Duca Rachid, o troféu Emmy e a equipe de Joia Rara

Fora da área artística, não há dúvida de que o grande astro do 42º Emmy foi seu homenageado principal, Roberto Irineu Marinho, CEO & Presidente das Organizações Globo. Ele está em todos os blogs e sites de televisão americanos.

Ele recebeu o prêmio mais celebrado da noite: o “International Emmy Directorate Award 2014”, entregue por Rupert Murdoch, Chairman e CEO da 21st Century Fox e News Corporation. É mesmo uma justa homenagem, que enaltece a indústria da televisão brasileira.

Roberto Irineu falou com afeto de seu pai, suas realizações e ensinamentos, e enalteceu seus irmãos como grandes parceiros nas conquistas contínuas do grupo. Karin estava muito bonita ao seu lado.

roberto irineu e murdochDois grandes “robertos” das comunicações: Roberto Irineu Marinho e Rupert Murdoch. Tempos atrás houve rumores de uma possível joint venture entre os dois impérios, Globo e Fox, agora, quem sabe?…

4 ideias sobre “O Emmy de Duca Rachid e Thelma Guedes as consagra como grandes renovadoras de um gênero em crise no Brasil

  1. Prêmio merecidíssimo. Gostemos ou não, a Globo realmente tem programas de qualidade indiscutivel.

  2. Pretendo ler a posição do blog sobre a roubalheira oficial na Petrobras – o Petrolão – que, diante do mensalão, é algo assustador.
    Nesse caso, o mensalão é uma ação de meninos petistas ingênuos que acabaram confinados em presídios de segurança máxima.
    Se Pedro Alvares Cabral soubesse que iriam meter a mão no dinheiro público 514 anos depois de haver descoberto o Brasil certamente teria se arrependido de tal feito.
    Com todo o respeito pelo blog e pelos profissionais que nele labutam.

  3. Este Ruppert Murdoch e o pior que ha no mundo GLOBAL de entretenimento. Um fascinora, fascista em altissimo grau.Odiado profundamente por todos os democratas e independents dos Estados Unidos.Representa o maus espurio carater – or, lack thereof.Nem o Canada aceitou ter quaisquer emissoras que pertencem a seu grupo.Seu jornais de fofocas e intrigas, com phone tapping etc….Ate mentiras escandalosas sobre a realeza Britanica.Nam na Australia, pais de origem, pode mais entrar pois ja foi ameacado de morte. Manipulador desqualificado que, so tem em seu goal, manter ditadores por onde quer que passe.Nao acho que mereca destaque em qualquer coluna, principalmente por alguem que tanto sofreu por uma democracia.Seu jornal foi fechado e, todos os envolvidos, seu proprio filho, estao ainda em julgamente em Londres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *