O Casino dos príncipes e o Casino do Diniz… com risos e latidos…

A festa hoje vai ser no Casino sobre o porto. Mas não é o Casino supermercado com que o Diniz está brigando, não, viu, gente? É o borbulhante cassino de Monte Carlo…

Aliás, é curioso como os contratos do Diniz costumam acabar sempre na corte arbitral. Com o contrato da compra da Sendas pelo Pão de Açúcar foi a mesma coisa. Arthur Sendas morreu assassinado sem ver o fim dessa disputa, que até hoje corre no tribunal…

Mas o que a gente entende do que lê é que Diniz combinou uma coisa em contrato com o casino (que a adminsitração passaria para ele em 2012) e agora quer mudar as regras no tapetão. E ainda por cima com dinheiro do BNDES!….

Mas não vou entrar nessa briga, que é de cachorro grande, aliás, imensos. Eu perto deles sou apenas uma chihuahua nervosa e indignada…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *