‘AUDREY’: BALÉ EM NOITE ÚNICA NO CASA GRANDE, CONTA VIDA E OBRA DA DIVA E DEVERIA SER REPETIDO!

Quem foi, foi. Quem não foi, que chore as mágoas…

No Teatro Oi Casa Grande, a Escola Sauer Danças, de novo realizou sua famosa festa de encerramento do ano de aulas, com a apresentação de um espetáculo todo dançado, sobre a vida e os trabalhos no cinema da atriz Audrey Hepburn, com pesquisas de Cristina Sauer, que narrou vários comentários de Audrey, dizendo frases famosas da atriz, Cristina, além de boa pesquisadora, é ótima de narração!

O espetáculo foi show! Show mesmo! Com o título “Audrey”, mais do que inspirador, fez vibrar a plateia no Casa Grande superlotado, cadeiras extras, gente arriscando sentar nas escadas, e toda hora vinha um fiscal fazendo a turma se levantar dos degraus, pois a Prefeitura proíbe.

Foi daqueles programas da gente sair entusiasmado, querendo marcar esticada com os amigos para discutir cada número de dança.

Os cenários, as músicas, os arranjos, os figurinos, as coreografias, as dançarinas e, sobretudo, o espírito unindo todo o elenco, com entusiasmo e vibração, formavam um todo raro, daqueles que fazem de qualquer montagem um sucesso. Poderíamos estar na Broadway, numa produção global, no Moulin Rouge, onde fosse. Mesmo com os pequenos errinhos próprios de uma escola de dança. Porém a alegria, o comprometimento de dançar e estar ali eram tamanhos, que  qualquer falhazinha passava despercebida, ou somava pontos em charme.

O corpo de dança eram os alunos da academia – desde as mais pequenininhas, meninas de 2 anos, vestidas de noivinhas ou portando guarda-chuva de flor, fazendo tudo di-rei-tinho ou tudo e-rra-di-nho, umas fofas!- até senhoras maduras, cheias de quilinhos de vida vivida e de felicidade.

Todos os números foram coreografado por Helena Sauer, Márcia Albuquerque (a grande bailarina brasileira, em plena forma, que estrelou Chorus Line nos EUA e outros musicais de grande sucesso na Broadway), Rosane Castro Neves (bailarina perfeita, brejeira, leve, iluminada, sorriso espetacular), Kiki Amato, Maria Fernanda Olimpio, Debora Fernandes e Patricia Comberx. Todas maravilhosas.

Ah, e plateia mais colunável não podia. De um lance só, mesmo chegando já com as luzes apagadas, detectei Joy Garrido, Léa Renha, Ione Kegler, Ana Luiza Avellar, Cristiana Malta, Thaís Araujo e Maria Geyer, com sua super flashlight de longa distância, que ela acionava toda vez que sua amiga Virgínia Renha pisava no palco, uma diversão!

Bem, isso para mencionar apenas algumas, senão eu teria que editar aqui as Páginas Amarelas da sociedade carioca, só com as presenças no Oi Casa Grande, naquela noite de apresentação única de “Audrey”, o balé.

Faço um apelo: repitam  o espetáculo! É uma judiação isso não acontecer.

Audrey-foto 2Virginia Renha e Rosane Castro Neves, em coreografia de Helena Sauer Serrador, com a música I Think You Can Think

Audrey-foto 1

Juliana Royo, Marcia Pozas, Déborah Fernandes e Flavia Messa dançam sapateado com coreografia de Kiki Amato

Audrey Hepburn 1-Fabiana Malta com Virginia Renha e Daniella Renha BragaSapateado de Kiki Amato – Alunas: Juliana Mitchil, Daniela Renha e Luiza Pahl

Audrey-foto 3

Bonequinha de Luxo – Coreografia de Rosane Castro Neves – Dançarinas: Monica Calainho, Rosane Castro Neves e Marcia Albuquerque

Audrey-foto 4

Coreografia de Patrícia Sauer e Doborah Fernandes

Audrey-foto 5

Cristina Sauer, Virginia Renha e Noemia Crespo, na coreografia de Helena Sauer Serrador,  África

Audrey-foto 6

A beleza do sapateado, com Mauricio Silva e Patrícia Sauer, excelente dançarina, espetacular!

Audrey-foto 7

Patrícia Sauer e a ótima Marcia Pozas

Audrey-foto 8

Isabela Lage (apoteótica no palco, uma deusa grega!), Fernanda Pedrosa Peczek (um exemplo de dançarina vibrante e entusiasmada, dançou vários números ao lado da filha, Maria – beleza espetacular, e o maridão fotografando na plateia, dava gosto ver) Virginia Renha e Claudia Castro

Audrey-foto 10

Cristiana Braga, Sandra Souza e Silva, a perfeita Marcia Albuquerque, o sorriso contagiante da linda Rosane Castro Neves e Carol Braga

Audrey-foto 12

Cristina Sauer, a grande mestra

Audrey-foto 13

Isabela Lage, la belle

Audrey-foto 11

Audrey-foto 9

O grand finale

Audrey-foto 14

Fotos de Fabiana Malta

3 ideias sobre “‘AUDREY’: BALÉ EM NOITE ÚNICA NO CASA GRANDE, CONTA VIDA E OBRA DA DIVA E DEVERIA SER REPETIDO!

  1. Hilde, obrigada pela linda reportagem e pelo carinho, soube que vc dançou o tempo inteiro, venha fazer aula conosco, bjs Virginia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *