NO RIOCENTRO, CONGRESSISTAS SÓ PODEM URINAR A PARTIR DE DUAS DA TARDE!

Acontece neste instante, às 10 horas desta manhã de quinta-feira, no Riocentro, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, o evento Construir 2013, constando de palestra matinal no auditório e feira, reunindo as personalidades mais importantes deste segmento no país. Está em pleno funcionamento. Porém, os banheiros daquele centro de convenções só serão abertos às 14 horas! Quem quiser construir qualquer matéria fisiológica que aguarde até lá.

Num português mais claro: o participante do evento que pretender defecar ou urinar deve agendar este interesse para após as 14 horas, quando enfim serão abertas as portas das instalações sanitárias do maior centro de convenções do Estado!

A empresa que terceiriza a exploração do local economiza nos funcionários para lucrar, sem calcular o grave prejuízo que dá à imagem da Cidade do Rio de Janeiro. E ainda dá uma explicação tosca: “É porque a feira só abre às duas da tarde”, conforme um funcionário que não se identificou, sem explicar se a empresa supõe que os frequentadores do auditório aberto para as palestras matinais não possuem aparelho digestivo e muito menos o urinário.

A Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro precisa agir rapidamente contra o abuso desta empresa que explora o Riocentro, que, com medidas absurdas e ridículas como esta, arranha a imagem de nosso turismo, podendo atingir a economia da Cidade Maravilhosa.

Uma ideia sobre “NO RIOCENTRO, CONGRESSISTAS SÓ PODEM URINAR A PARTIR DE DUAS DA TARDE!

  1. Fácil de resolver. Basta os congressistas, ao menos os mais ousados e indignados, urinarem pelos corredores que rapidamente a solução aparece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *