Não basta ser honesto, é preciso também parecer

Verdade é que, por mais que as autoridades aconselhem aos moradores da Rocinha que deixem seus lares neste domingo, durante a operação invasão, eles preferem não arredar o pé de casa, temendo que se repita em sua comunidade o que, diz a lenda, ocorreu no Complexo do Alemão, quando residências teriam sido invadidas e saqueadas por maus policiais, promovendo verdadeiras limpas, retirando tudo que encontrassem de valor em seu caminho…

Verdade é que, depois da invasão da polícia, por mais que não se queira comentar sobre isso, nunca apareceram as famosas correntes de ouro do tráfico do Alemão, que tanto sucesso fizeram nas reportagens do Fantástico. Não consta que os bandidos vistos saindo às corridas morro acima estivessem cobertos de ouro. E quem afana ouro de bandido também rouba DVD de pai de família…

Por isso, seria providência boa que os policiais que amanhã invadirem a Rocinha não subam a favela munidos de mochila nas costas, como vimos acontecer no Complexo do Alemão. Deixem em casa suas mochilas, para que elas não gerem desconfianças. Pois não basta ser honesto. É importante também parecer…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *