Na ‘casa Fraga’, os 21 anos da Casa Cor

Silvia Fraga é dona de uma das belas casas do Rio. Ali, no lugar mais cobiçado do Leblon, ela foi protagonista, ao lado do marido, Helio Fraga, de jantares lindos, refinados, requintadíssimos, com personalidades locais e internacionais. Viúva, Silvinha reduziu o número de eventos. Passou a receber com menos frequência e sempre poucos convidados. Daí que a happy hour de ontem foi como um novo florescer da casa e da própria Silvinha. Com inteligência, ela somou o útil ao agradável: a chance de homenagear queridas amigas como Patrícia Mayer e Patrícia Qüentel, as ativas realizadoras da mostra Casa Cor que este ano completa 21 anos, e também a oportunidade de demonstrar, ela própria, a Silvinha, sua capacidade de boa articuladora na difícil arte de juntar pessoas e promover bons contatos…

Pois Silvia, meus amores, agora presta assessoria à empresa de revestimento e decoração de Jacob e Simone Orlean, que foram anfitriões, juntamente com ela, da HH reunindo quase todos os arquitetos e decoradores da próxima Casa Cor, além das amigas de Silvia, Glória Severiano Ribeiro, Regina Gama, Ana Lila Denton e da sobrinha, Antonia Leite Barbosa, que a indicou ao casal Orlean para essa nova função, que Silvinha desempenha em todas as lojas da rede Orlean no Rio…

E o que mais se comentava era a beleza da casa impecável, mantida tal e qual Helinho a deixou, sem tirar nem pôr, e quem não a conhecia demonstrava seu encantamento. Danado esse Helio, que, mesmo ausente, acabou se tornando o personagem principal da reunião, tão elogiado ele foi, dando a impressão de que, a qualquer momento, ele entraria porta adentro e levantaria um brinde à nova atividade da mulher

Silvia, perfeita anfitriã, dava atenção a todos e, a todo momento, dizia aos fumantes que não precisavam deixar a sala para ir fazer fumaça lá fora, no jardim. Mas, educadíssimos, os fumantes todos insistiam em dar suas baforadas à beira da piscina, ao ar livre, com as palmeiras por testemunhas e um visual totalmente Los Angeles

Cecília Borges assinou o bufê e homenageou a turma de arquitetura e design colocando miniaturas de cadeiras e de mesas nos arranjos de flores. Um requinte! Aliás, tudo na casa Fraga é luxo: as paisagens pintadas nas paredes, as pinhas antigas, o mobiliário, enfim, o grande talento do decorador Helio Fraga, que resiste até ao tempo…

 

Orlean Na casa Fraga, os 21 anos da Casa Cor

Fotos de Sebastião Marinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *