Mulheres de coragem

Depois do assassinato da juíza Patrícia Acioli, com 21 tiros, caberá a uma outra mulher, a ministra Eliana Calmon, Corregedora Nacional de Justiça, a responsabilidade de coordenar a comissão que vai estudar e propor uma política nacional de segurança aos magistrados…

A portaria foi assinada ontem, pelo ministro Cezar Peluso, presidente do Conselho Nacional de Justiça. A comissão terá prazo de 30 dias para apresentar as sugestões…

elianacalmonministra Mulheres de coragem

Ministra Eliana Calmon

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *