Menos punhos de renda, mais solidariedade, é o novo Itamaraty de Antonio Patriota

A repórter da TV informa todos os números de telefones do Itamaraty para atendimento e informações sobre brasileiros que estão no Japão. Números que atendem até durante a madrugada e nos fins de semana. No boletim que distribuiu à imprensa, e é permanentemente atualizado, o ministério também fornece endereço de email e o número do telefone da embaixada brasileira em Tóquio. Tal preocupação no atendimento à população, pelo Ministério das Relações Exteriores, convenhamos, é uma novidade…

Sem querer generalizar, ocorre que, tradicionalmente, o que sempre ouvíamos eram críticas dos brasileiros, sobretudo aqueles no exterior precisando de assistência, à maneira como eram atendidos em nossos consulados, se é que eram atendidos…

Outro ponto positivo e fundamental, que evidencia o novo norte do Itamaraty em relação aos brasileiros no exterior, foi o episódio da libertação, ontem, do jornalista brasileiro na Líbia. E isso se deu graças primeiramente ao fato de o embaixador brasileiro, George Ney de Souza Fernandes, ter permanecido lá no país…

Depois de repatriar as centenas de brasileiros trabalhadores da Odebrecht e da Queiróz Galvão, o embaixador brasileiro, ao contrário da maioria dos diplomatas dos demais países, decidiu se manter em Trípoli. Decisão que foi providencial para libertar o jornalista Andrei Netto, do Estadão…

Com os parabéns ao nosso novo chanceler, embaixador Antonio Patriota, e toda a sua equipe por essa orientação com uma atitude mais humana, menos punhos de renda, mais solidária, menos imperial, da diplomacia brasileira, como se vê agora, neste momento de tragédia absoluta. Atitude que, diga-se de passagem, começou a ser implantada no período Lula, para mostrar-se efetiva nestes atuais momentos de crises no mundo, no Governo Dilma…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *