Maria Lúcia no país das Guerreiras da Babilônia…

Primeira dama do Estado na Babilônia - 22.08.2014

O Morro da Babilônia, visto nesta peça de artesanato, através do olhar transformador das Guerreiras da Babilônia, e Maria Lucia Jardim, a Maria Lucia “Pezão”, encantada com a capacidade desse grupo de mulheres de colocar em tudo a beleza. 

Foi ontem.  Maria Lúcia Horta Jardim, a primeira-dama do Estado, visitou no Leme o Morro da Babilônia, onde conheceu o trabalho para lá de especial desenvolvido pelas Mulheres Guerreiras da Babilônia.

O grupo formado por moradoras da comunidade se reúne para aulas de artesanato, costura, informática e ginástica, e isso resulta em produção de lindas peças artesanais e obras de arte. Elas são mesmo mulheres guerreiras. As Guerreiras da Babilônia!

No encontro, elas elogiaram as mudanças que as comunidades Chapéu-Mangueira e Babilônia sofreram desde a pacificação em 2009, promovendo paz, segurança e bem estar.

Além dos bordados vendidos pelo grupo, também estão entre as atrações da região a Galeria de Arte 1500 Babilônia e os petiscos do Bar do Alto.

As Guerreiras da Babilônia e Maria Lucia trocaram ideias, falaram de suas necessidades, projetos, sonhos. São mulheres assim de que o Rio de Janeiro precisa. Mulheres transformadoras, que tudo o que tocam transformam, com o poder de transformar o Babilônia, não numa comunidade de carências, mas num jardim suspenso de oportunidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *