Lenny, a rainha dos biquínis, bate um papo sobre moda com leitores do R7

A paulista Lenny Niemeyer chegou ao Rio de Janeiro em 1980. Enquanto procurava biquínis sofisticados e com um “charme carioca”, Lenny resolveu fabricar as suas próprias peças e não demorou para descobrir uma nova profissão. Em 1993, resolveu criar a sua própria marca. Hoje, exporta para países da América Latina ao Oriente Médio e suas passarelas contam sempre com grandes tops do mundo da moda, em que já desfilaram Gisele Bündchen, Naomi Campbell, Letícia Birkheuer, Isabelli Fontana, Michelle Alves e Devon Aoki…

Lenny Niemeyer particiou de um talk show no lounge do Blog da Hilde e, logo após, respondeu às perguntas dos internautas do R7. Confiram!

Laurinha: Quando um biquíni deixa de ser bacana e passa a ser vulgar?

Lenny Niemeyer: Olá, Laurinha! Um biquíni passa a ser vulgar quando a pessoa quer usar um tamanho abaixo do que deveria.

Lili: Onde busca inspiração para suas criações?

Lenny Niemeyer: Lili, eu acho que as inspirações vêm de exposições, de livros e a própria natureza. Tudo isso me inspira.

Lili: Como faz para manter esse corpinho?

Lenny Niemeyer: Obrigada pelo elogio, Lili. Mas dá bastante trabalho para manter o peso e nessa época de desfile ajuda muito, porque não dá tempo de parar nem para comer.

Monique: Olá, Lenny, adoro os seus biquínis. Gostaria de saber se os seus modelos são produzidos apenas para os padrões brasileiros ou se você também cria modelos para o estereótipo internacional.

Lenny Niemeyer: Monique, normalmente eu uso as mesmas estampas mas faço algumas adaptações de modelagem para cada país.

Juliana: De onde veio a inspiração para criar biqíinis? Como tudo isso começou?

Lenny Niemeyer: Juliana, eu comecei a fazer biquínis para minhas amigas paulistas que queriam biquínis cariocas maiores. A estamparia começou quando ainda eu trabalhava com paisagismo e tinham livros lindos de flores.

Laurinha: Qual a tendência para o próximo verão? Já dá para falar?

Lenny Niemeyer: Laurinha, para o próximo verão a tendência são as cores vibrantes, especialmente o verde e o laranja, muitos florais e estampas de pássaros.

Laurinha: Qual a melhor roupa de praia para as senhoras?

Lenny Niemeyer: Laurinha, o chemisier curto ou longo sempre enfeita muito uma senhora que está sempre chic em qualquer hora do dia.

Laurinha: O que dizer daqueles que vão de sunga e tênis na praia?

Lenny Niemeyer: Deixem o tênis no calçadão.

Lili: Além do Rio, qual cidade mais te inspira?

Lenny Niemeyer: Lili, Trancoso, no sul da Bahia, é um local que me inspira muito. Amo o mar.

Junior: Boa tarde, Lenny. Tenho um amigo que cisma em usar sungas floridas, geralmente com cores fortes. Eu prefiro as lisas. Qual a tendência para o próximo verão? Beijos

Lenny Niemeyer: Junior, não é uma questão de tendência. Eu particularmente prefiro homens com sungas lisas, mas quem pode, pode.

Marina: Biquínis tomara-que-caia e de oncinha continuarão na moda?

Lenny Niemeyer: Marina, sempre. Eles estarão eternamente na moda.

Marina: O Rio dita mesmo a moda praia no mundo ou é só ”pretensão” do carioca?

Lenny Niemeyer: Marina, isso não é pretensão, não. Eu, como paulista, sempre achei o Rio de Janeiro o cenário perfeito da moda praia.

Ale: É verdade que Jeans nunca saem de moda ? E, se saem, qual é a época certa para usar um jeans?

Lenny Niemeyer: Ale, os jeans são a grande invenção do século. Nunca saem de moda e com o acessério correto podem ser usados em qualquer ocasião.

Ale: Qual é a melhor roupa para se ir para um casamento ?

Lenny Niemeyer: Ale, sem muito excesso de brilhos ou babados. Afinal, quem tem que brilhar é a noiva.

Ale: Preto combina com qualquer tipo de roupa ?

Lenny Niemeyer: Preto é o grande coringa que uma mulher pode ter. Dá pra variar com tudo.

Lili: Opa, zebras também, Lenny?

Lenny Niemeyer: Lili, zebra não é tão fácil porque é uma estampa que nem sempre favorece a mulher pelo fato de ser listrada.

Ale: Qual o melhor estilo de roupa que se pode usar numa festa de 15 anos ?

Lenny Niemeyer: Ale, para uma festa de 15 anos, o ideal é um vestido sem exagero de bordados ou enfeites, que possa realçar a jovialidade dos 15 anos.

Lili: Por que suas festas são tão famosas?

Lenny Niemeyer: Lilio, as festas se tornam famosas porque elas não têm hora para acabar e recebo todos com a mesma alegria.

Junior: Voltando ao assunto das sungas, já tive algumas brancas, que sempre ficam amareladas ou manchadas. Existe alguma solução para isso? Algum produto ou forma de evitar que a sunga branca seja quase que descartável?

Lenny Niemeyer: Junior, é muito difícil, muito iodo na água, além da areia do Rio de Janeiro ser muito fina. Enxaguar bem na água fria sempre que usar, pode prolongar a ”vida” da sunga, mas não vai resolver a longo prazo.

Dani: Eu tenho pneusinho, gostaria de saber que roupa devo usar para me sentir bem?

Lenny Niemeyer: Dani, de preferência roupas que não fiquem tão justas no corpo.

Nilo: Vale a pena ir de camisa de manga em um evento fino?

Lenny Niemeyer: Nilo, claro, por que não?

Junior: Já que estamos falando de praia e tocaram no assunto casamento, um amigo meu casou na praia, de chinelo, calça de pano e bata. Mesma roupa dos padrinhos. A decoração foi estilo boteco (do informal). O que acha dessas inovações?

Lenny: Junior, eu acho que a roupa deve estar de acordo com o local. Como no caso é uma praia, acho que a roupa está perfeita.

Dani: Que roupa devo usar num aniversario de criança?

Lenny Niemeyer: Dani, use algo bem descontraído. De preferência uma roupa confortável para que você possa se movimentar com leveza juntos às crianças.

Lili: Você indicaria algum brechó aqui no Rio?

Lenny Niemeyer: Lili, infelizmente eu não conheço muitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *