“LA GRANDE BELLEZZA”, UMA OBRA-PRIMA DO CINEMA!

O Blog da Hilde está acompanhando a maratona cinematográfica do Festival do Rio 2013 e, neste domingo, fomos brindados com o belíssimo longa de Paolo Sorrentino, La Grande Bellezza (A grande beleza)!

La-grande-bellezza-poster-sorrentino

A aposta italiana para o Oscar 2014, que poderia equivaler a uma Dolce Vita contemporânea de Fellini, retrata a decadência da sociedade romana atual, desde os ricos, passando pelos nobres falidos, artistas, pseudo-intelectuais, políticos, personagens da TV até a Igreja Católica… Ninguém está a salvo! Ao longo do filme, há um contraste entre cenas que demonstram o vazio e o grotesco desta sociedade com takes que exaltam a beleza de Roma, seus monumentos, praças, edifícios, paisagens. Tudo filmado com tanta sensibilidade, delicadeza e primor, que só um excelente diretor como Sorrentino poderia fazer!

gb1

A grande primeira cena – a festa – aparentemente longa e desnecessária, define o que vem a ser o filme. Retrata a alta sociedade italiana, “os mundanos”, de maneira esplêndida, ao apresentar, em um mesmo ambiente, todos os personagens da Cidade Eterna.

2.-La-grande-bellezza

O protagonista da história é Jep Gambardella (Toni Servillo), escritor e jornalista de 65 anos, que desde o grande sucesso de sua única obra, um romance intitulado O aparelho humano, anos atrás, nunca mais escreveu novo livro. Talvez porque, ao optar por viver “a vida dos mundanos”, ofuscou sua capacidade de enxergar a alma humana, vendo-se rodeado constantemente por “pessoas vazias”.

trailer-la-grande-bellezza-14041

“Eu estava procurando a grande beleza. Mas não a encontrei”, diz Jep em uma das cenas do longa, ao explicar por que não publicara outra obra inédita…

Durante um verão em Roma, em meio a festas, longas caminhadas pela cidade, conversas e lembranças, ele irá refletir sobre sua vida… Mas não vou contar a vocês o que acontece, pois recomendo que assistam ao filme e deleitem-se com esta belíssima obra cinematográfica!

Jep Gambardella desde já entra para a lista de personagens memoráveis do cinema, transformando-se em ícone, não só pela brilhante atuação de Toni Servillo, mas, também, por sua personalidade e elegância.

A figurinista Daniela Ciancio realizou belo trabalho de composição do personagem. O que dizer dos ternos de linho com lenços nos bolsos, chapéus Panamá, óculos de aro grosso e sapatos bicolores? Figurino perfeito para um bon vivant típico italiano! A cada cena, Jep aparece vestido em um novo e belo terno de verão. E nós, que somos vidradas em moda, não poderíamos deixar de notar!

Confiram alguns dos looks que compõem a aparência e a personalidade deste charmoso sexagenário…

jep gambardella

As próximas sessões de La Grande Bellezza serão no dia 9 de outubro, às 13h10 e às 18h40, no Estação Vivo Gávea 5. Aproveitem, pois, por enquanto, não sabemos quando o filme entrará em cartaz.

Abaixo, seu trailer…

Fotos: reprodução

Crítica: Marina Giustino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *