Kristin Thomas: “Mulheres com mais de 50 anos se tornam invisíveis para a sociedade”

Bandeiras são para serem levantadas. Lutas, para serem disputadas. Que graça tem a vida sem elas? A atriz Kristin Thomas, no entanto, pensa diferente. Ela disse hoje numa entrevista à TV  BBC que o preconceito de idade tem sido um desastre para as atrizes mais velhas em Hollywood e não há como lutar contra isso. Devido a isso, as atrizes ainda perdem os papeis para mulheres mais jovens, queixou-se Kristin, reclamando da falta de personagens para mulheres na faixa dos 50: “Não vou chateá-los com todas essas histórias de mulheres mais velhas que não conseguem trabalho no cinema, mas é verdade, é um desastre”.

Quando perguntaram porque seria “chato” comentar o assunto, ela respondeu: ”Porque  isso não vai mudar nunca”. E prosseguiu: ”Enquanto a média de vida não alcançar a faixa dos 150 anos ou por aí, acho que as mulheres de 50 ou mais não serão consideradas viáveis. É o que penso, é o que é. Lamento  muito”.

Há dois anos, Kristin queixou-se de que uma atriz de sua idade é invariavelmente escalada para coadjuvante, pois “há sempre uma jovem de 20 ou 30 para o papel principal e você é situada ao lado delas”. Prosseguiu: “Você fica se vendo envelhecer na tela, que nada esconde, tudo revela”. Por fim, revelou estar considerando a hipótese de uma cirurgia plástica, já que as mulheres de sua idade se tornam “invisíveis” para a sociedade.

No teatro, porém, a coisa não vai tão mal para Kristin, que em abril vai substituir Helen Mirren no papel de Rainha Elizabeth II, na peça The Audience, após encerrar temporada de Electra no Old Vic londrino.

Kristin Scott Thomas

 Kristin Thomas: invisível para a sociedade, apesar de grande atriz

4 ideias sobre “Kristin Thomas: “Mulheres com mais de 50 anos se tornam invisíveis para a sociedade”

  1. Não concordo com ela, penso que existem grande atrizes conhecidas do público que continuam trabalhando seja no teatro, em séries para TV, em filmes produzidos fora do eixo hollywoodiano. Citaram Meryl Streep (65), mas existem tantas outras: Glenn Close (67) , Vanessa Redgrave (78), Maggie Smith (80), Monica Bellucci (50), Susan Sarandon (68), Robin Wright (48), Halle Berry (48), Helen Mirren (69), Jodie Foster (52), Jane Lynch (54), Charlotte Rampling (69)

    • Claudia, eu concordo sim. Se vc ler alguns comentários em sites ou revistas de Meryl Streep , Glen Close, Susan Sarandon, para citar só algumas, têm a mesma fala da Kristin. É uma realidade, infelizmente.

  2. O que a mulher precisa é juntar conteúdo e beleza interior pra quando chegar aos 40,,50 ,60…. Não depender de homens e nem da sociedade pra viver. Basta ela ter cultura que nunca vai se sentir excluída. Independência financeira é o primeiro passo.

  3. Concordo completamente , á unica atriz americana com mais de 50 anos que sempre está em evidencia e Meryl Streep , lógico ela e uma ótima atriz , mais também existem muitas outras tão boas quanto ela !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *