Faunos, faunas e a biodiversidade balançaram o Marimbás

Os garçons eram faunos com chifres, recepcionistas serviam maçãs aos que chegavam e se cobriam com folhas de parreira, tal e qual Adão e Eva no convite para o casamento/aniversários. Costelas de Adão enfeitavam as paredes, uma serpente ondulava pelo carpete da decoração, onde o vermelho e o dourado imperavam. A noiva, Vera Tostes, com um quadro de Picasso na frente do vestido e outro nas costas. O noivo, Newton Cunha, com uma cobra de brilhantes na lapela do paletó de smoking. A cereja do bolo era uma maçã dourada.

Uma festa para se dançar bastante e rir muito. Uma ode à biodiversidade, reunindo várias espécies. A espécie dos museólogos, a das artes e todo o antiquariato do Shopping Cassino Atlântico, onde Newton só perde em número de lojas para a mega  Tok&Stok.

Um grande portrait fotográfico em preto e branco, por Antonio Guerreiro, entronizava na parede do Marimbás o novo casal Tostes-Cunha como festeiros oficiais cariocas, com muitos clicks para seu beijo na boca arrebatador, na pista de dança. Que sejam felizes para sempre, todos desejaram.

Faunos, Evas, Adão, Vera e Newton, em fotos de Marcelo Borgomgino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *