FASHION WEEKS PELO MUNDO: UM RESUMÃO

Via Blog do Instituto Zuzu Angel: nossa fonte sobre all fashion things

Fevereiro foi verdadeira maratona jet setter para os fashionistas. Li-te-ral-men-te um mês inteiro de Semanas de Moda para cobrir: Nova York, Londres, Milão e, finalmente, Paris. Ufa! 23 dias sem descanso!! Quase uma prova de resistência, estilo Big Brother, com direito a Polar Vortex em Nova York; o já esperado tempo instável (estilo todas as estações do ano em uma única semana) em Londres, ventos dignos de furacão que obrigaram o avião fretado, vindo de NYC lotado de fashionistas (incluindo Anna Wintour), a desviar o pouso, do aeroporto londrino para Newcastle.

E em meio a tantos fusos horários, fenômenos da natureza, desfiles, show rooms, street style e looks dos mais variados, resolvemos fazer um resumão das tendências que virão para ficar na próxima estação (de nada! 😉 )

Bem a tempo de São Paulo Fashion Week e Fashion Rio, que começam no próximo dia 31, em São Paulo, segue a lista para conferirmos quais destas tendências veremos nas passarelas brasileiras:

1. Swinging Sixties: Vestidos em formato A, um clássico dos anos 60, voltam com todo o gingado merecido. Há algumas temporadas, Milão já tem declarado a volta dos anos 60.  Desta vez, Paris assinou em baixo, nos desfiles de Saint Laurent e Louis Vuitton. Se combinar com botas de cano longo (as botas acima do joelho, quase na coxa, já são super tendência para este inverno), você corre o risco de ser teletransportada para a Swinging London.

 

A lines

Gucci, Louis Vuitton, Saint Laurent, Versace

2. Os pássaros: Zuzu realmente mostrando mais uma vez que estava muito à frente da Moda de seu tempo, precursora no uso dos pássaros, grande tendência das últimas semanas de moda internacionais. Estampas, padronagens, fotos… bicos e penas voaram pelas passarelas.

passaros

Alberta Ferreti, Giles, Marchesa Voyage, Valentino

3. Debaixo do cobertor: peça chave na passarela da Burberry, em Londres, o item foi o assunto do desfile da marca e decolou definitivamente como tendência para a próxima estação. A vibe é meio casaco / cobertor de “mendingo”. Só a vibe, porque o item é puro luxo: cada um custa 1,395 libras.

cobertor

Cara Delevigne fechou o desfile da Burberry com um manto com suas iniciais bordadas. Virou hit! Burberry, Cavalli, DKNY, Etro

4. Veludo molhado: O veludo nunca sai totalmente das passarelas de outono/inverno. É um tecido que combina com um friozinho e dá um ar de glamour. Mas desta vez tomou conta geral. No desfile de Elie Saab o tecido ganhou até versão ombré. Boa opção para vestidos de festa. Jason Wu fez do veludo o principal material da coleção.

Veludo

Jason Wu, Nina Ricci, Elie Saab, Tom Ford

5. Patchwork: ele vive entrando e saindo da lista das tendências. Na próxima estação, o quebra-cabeça de tecidos, cores e estampas definitivamente está in: crepes, couros, lãs, sedas, tudo misturado. É o novo efeito colour-blocking.

NYC Trends AW14

Proenza-Schouler, Derek Lam, Thakoon

6. Peles: fake ou não, em tons naturais ou mega coloridos, em patchwork, ombré, cortes geométricos. Enfim, de todas as formas. As peles reinaram nas passarelas (e no street style).

pele

Philip Lim, Top Shop Unique, Donna Karan, J Mendel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *