Duas reflexões em fim de semana chuvoso e triste na Baía de Guanabara

Não sei o que se ganha potencializando um ódio descontrolado nas redes sociais; às vezes responsabilizando pais por erros dos filhos; outras, apedrejando sem se aprofundar sobre fatos pessoais e humanos; fazendo análises supérfluas; provocando a ira da comunidade sem oferecer caminhos. Como se todos os envolvidos no debate pudessem se arvorar em árbitros e padrões de decência, ética, coerência, honradez etc., sem jamais ter cometido qualquer deslize na vida contra o bem público, tais como uma omissão na declaração do IR, um estacionamento em local indevido não pago e por aí vai…

Há quem cite a Revolução Francesa, que foi um marco fundamental e salutar, mas cometeu excessos e atrocidades: assim como se decapitou Danton, foi-se também o pescoço de Robespierre… E quando não tinham mais quem matar, os do povo saíram se matando uns aos outros…

Revolução Francesa

O momento do país é frágil, preocupante, tenso. Pessoas se mudam para o exterior, pressentindo sabe-se lá o quê. E ainda tem quem insista em pôr mais lenha nessa fogueira…

***

Num país em que tudo se partidarizou, os poderes, as religiões, a mídia, a polícia, fica difícil, com essas denúncias todas, formar opinião com plena convicção, quando praticamente todos os políticos de relevo estão delatados. Só hipócritas podem julgar honestidade seletivamente. E nós não somos hipócritas. Enquanto tudo isso não se esclarecer, ofereço o benefício da dúvida. Depois, não me aliarei ao jogo da hipocrisia. Não existe “meio honesto” ou “desonesto do bem” porque é bem nascido. Mas existem injustiçados. Aguardarei o epílogo dessa tragédia brasileira para formar minha opinião definitiva, fugindo das manipulações.

2 ideias sobre “Duas reflexões em fim de semana chuvoso e triste na Baía de Guanabara

  1. Digo e redigo sempre a mesma coisa.
    Cachorro arrogando morde o próprio rabo.
    É o que Michel Temer está fazendo.
    Costa e Silva barbarizou e foi abandonado num hospital com AVC.
    A esposa do grande ditador sobreviveu de favores na velhice.
    Ninguém sequer lamentou a morte dela.
    A bonitinha do Temer que se cuide.
    Ela também segue o caminho da esposa de Costa e Silva.
    Qual é o mesmo o nome dela…
    Deixa prá lá.
    Quanto ao ódio… o que podemos fazer senão odiar?
    Meu voto foi rasgado por um golpe apoiado por juízes.
    Agora os próprios juízes irão me julgar por terrorismo (vide http://www.viomundo.com.br/denuncias/por-causa-de-um-tweet-pf-gasta-rios-de-dinheiro-publico-e-faz-funcao-do-velho-dops.html).
    Uma condenação fará de mim vítima elevada a segunda potência.
    Mas nem por isto deixarei de usar a internet para denunciar os golpistas (juízes incluídos).

  2. “Não existe “meio honesto” ou “desonesto do bem” porque é bem nascido.!”
    É o que mais existe nas Redes Sociais, aka, Facebook ! TODOS insistem que são Democratas, que acham que TODOS são Ladroes e BANDIDOS, que TODOS tem que ser presos etc..etc..! Mas, só falam no….LULA! O tempo todo! 24 horas por dia! Aí quando alguém chama atenção, dizem “.. não se pode comparar um homem ESTUDADO,com um ignorante”! Pior, então os que ESTUDARAM, é que deviam dar o exemplo não? Se todos são culpados que sejam julgados IGUAIS!!! Sem a perseguição absurda, que, ao contrário, só está fazendo bem ao “perseguido”, já quase virando um mártir!!! Bom Domingo, e Salve São Jorge, o Santo do POVÃO!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *