Domingo vermelho em Copacabana

Meninos, eu vi! Foi uma ferveção a passeata dos bombeiros na Avenida Atlântica. O vermelho dominou toda a orla, do Leme ao Posto Seis. Vermelhas as camisetas, as faixas, as fitas amarradas nos automóveis, as toalhas nas janelas e até as barracas da praia, que hoje estão quase todas padronizadas de vermelho e, por tabela, acabaram contribuindo para a onda vermelha que tomou conta de Copacabana…

.bombeiros 1 Domingo vermelho em Copacabana

Apesar da motivação do evento ser uma causa triste (uma luta por melhores salários e condições de trabalho), o desfile foi alegre e alto astral. A população da zona sul aderiu ao movimento e aproveitou para se divertir ao som da banda dos bombeiros que tocava tanto hinos marciais como música de carnaval…

Num trio elétrico, o locutor gritava palavras de ordem, anunciava personalidades presentes ao desfile e informava, entre outras coisas, que os bombeiros de Nova York haviam feito uma manifestação em solidariedade aos seus colegas cariocas…

.bombeiros 2 Domingo vermelho em Copacabana

O tamanho do desfile e toda a mobilização dos bombeiros mostra que esse esse movimento cresceu mais do que deveria. Parece que o governo não foi muito hábil no trato dessa questão…

bombeiros 3 Domingo vermelho em Copacabana

O momento mais forte foi quando foi dada a palavra, no alto de um dos carros de som, a uma militante do movimento dos professores, professora Vera. Ela falou: “Vocês, que sempre apagaram os incêndios, pela primeira vez acendem o fogo… em nossos corações”. Ela aproveitou para fazer as reivindicações também de sua classe, empunhando contracheque de uma professora com nível universitário, há 7 anos trabalhando no Estado: 800 e poucos reais…

bombeiros Domingo vermelho em Copacabana

De qualquer modo, com sua passeata, os bombeiros deixaram o Dia dos Namorados mais alegre e festivo. Aliás, havia desfilantes também levantando imensos corações… vermelhos, naturalmente. O domingo, na Atlântica, palpitou…

Fotos de Waldir Leite

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *