Dicas do movimento cultural carioca

E aqui vão as sugestões de nossa atualizadíssima consultora cultural, Maria Pompeu, para esta atual temporada carioca…

Fala a Maria:

“Há no momento, no Rio de Janeiro, um verdadeiro acontecimento teatral que não pode ser ignorado por quem se considere apreciador do bom teatro: (1.) a adaptação de Aury Porto para O idiota, de Dostoievsky. Infelizmente, a duração do espetáculo assusta de início: seis horas e meia, se o espetáculo foi visto de segunda a quarta. Mas aconselho ver em duas partes: a primeira no sábado e a segunda no domingo. As sessões começam sempre às 17,30 horas. O trabalho de conjunto não permite que eu destaque um nome. Até primeiro de agosto, no Espaço Tom Jobim (dentro do Jardim Botânico, onde há estacionamento).

.
2. Em cartaz somente até o dia 17, 39 degraus, dirigido por Alexandre Reinecke, baseia-se de forma muito criativa e bem humorada, no filme de Hitchcock. No elenco, excelentes, Dan Stulback e Danton Mello. Está de quinta a domingo na Sala Marília Pera do Teatro do Leblon.

3. Também encerrando curtíssima temporada (como todas no Espaço SESC de Copacabana), Era uma Vez, cartas em cena. A correspondência entre Cinderela, Branca de Neve e Bela Adormecida, nada tem de infantil… Direção de Adriana Maia, só de sexta a domingo.

4. Apenas até o dia 31, a belíssima interpretação de Debora Olivieri para Rosa, de Martin Sherman, dirigida por Ana Paz. A palavra “monólogo” parece assustar algumas pessoas, mas há monólogos e monólogos… O espetáculo também está no Teatro do Leblon, Sala Marília Pera, mas no horário das 19 horas.

5. E last but not least o grande sucesso Adultério, criação coletiva do grupo Atores de Laura, sob a direção de Daniel Herz. De quinta a domingo, até o dia 31, também no Teatro do Leblon, só que na Sala Fernanda Montenegro”…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *