Consternação na elite carioca, com a morte do armador Fragoso Pires, dois meses após seu filho, Rafael, ambos pela Covid-19

José Carlos Fragoso Pires, entre o neto e o filho, ambos José Carlos, e ao lado do consogro Milton Lódi, todos turfistas
Minha homenagem a José Carlos Fragoso Pires, aqui com seu neto, José Carlos, e seu filho, José Carlos. Três gerações de Fragoso Pires apaixonados pelo turfe. Hoje nos deixou o José Carlos avô, dois meses após a partida de seu filho, Rafael. Ambos infectados com a Covid-19, ambos com doenças pre-existentes. Foram dos primeiros a serem contaminados no RJ, por ocasião do almoço de noivado da filha de Rafael e neta de José Carlos, Alessandra, em casa dos pais do noivo, Maritza e Alberto de Orleans e Bragança. Na época, falou-se em 40 contaminados no evento, logo nos primeiros dias de março. Nossa saudosa Mirna Bandeira de Mello também contraiu o coronavírus naquele almoço. Um trauma forte para a sociedade carioca, e sobretudo para os noivos, que adiaram o casamento para ano que vem.
Rafael Fragoso Pires e esposa, Márcia Muller, cuja união foi notícia aqui neste blog há 10 anos. 
Ao lado de Ângela, José Carlos era o “castelão” da famosa cobertura triplex, onde moraram Gilda e Carlos Guinle, pais de Jorginho, no prédio construído por eles na praia do Flamengo, e que agora viralizou na internet, em linda reportagem sobre o imóvel deslumbrante, posto à venda. Fragoso Pires foi um grande armador e um notável presidente do Jockey Club Brasileiro. Era um prazer conversar com ele, que gostava de falar sobre cultura, tradições, história do Rio de Janeiro e de sua sociedade. Discreto e elegante. Formou com Ângela um casal representativo, não só no aspecto social, como também na benemerência e nos eventos culturais. Significou uma época de um Estado do Rio de Janeiro empreendedor, ambicioso e alçando altos voos, com sua vida social fervilhando com industriais, banqueiros e políticos. Um Rio com força, poder e beleza. Fragoso Pires viveu como um grand seigneur, em seu palácio suspenso sobre a vista mais linda do mundo: a da Baía da Guanabara. Só posso dizer que o Céu, com José Carlos e Rafael, está muito mais elegante.
O armador José Carlos Fragoso Pires e Angela 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *