Cinco acervos de Moda pra você fuçar online

Via Instituto Zuzu Angel

Já pensou viajar o mundosem sair de casa e ainda aprender sobre História da Moda e da Indumentária? Com o avanço da tecnologia, isso já é uma realidade. Selecionamos cinco acervos online de Moda pra você se acabar! Enquanto o nosso Museu da Casa Zuzu Angel não fica pronto, você pode se deliciar com peças pertencentes aos principais museus do mundo, em alta definição, suas histórias e curiosidades. Dá só uma olhada:

O Costume Institute do Metropolitan Museum of Art, de Nova York, possui um acervo GIGANTE, com mais de 33.000 peças, todas muito bem catalogadas. Uma maravilha. E o museu ainda conta com uma biblioteca online, com diversos livros e catálogos pra baixar no computador e celular, tudo de graça!

Sapatos de couro com bordados da era Stuart, datam de 1690/1710 aproximadamente.
Corset de seda da Maison Léoty, de 1891.

Terninho Chanel, de 1938, doado por Diana Vreeland ao Museu, em 1954. A própria Diana, anos depois, se tornou consultora especial do Costume Institute, promovendo exposições memoráveis.
Vestido de Gianni Versace, inspirado em Andy Warhol, primavera de 1991.

 

O Victoria and Albert, de Londres, é outro que não fica pra trás no quesito acervos de Moda extraordinários. Neste link, você pode mergulhar fundo em peças das mais diversas épocas. Referências é o que não faltam!

 

Vestido criado por Madame Vignon, em 1869/1870.
Botinhas de algodão revestidas de plástico, assinadas por Mary Quant, 1967. Mais 60’s do que isso, impossível! Na sola do salto é possível notar o shape da icônica flor de Mary Quant. Imagina que luxo poder carimbar as florzinhas de Quant, deixando um rastro na areia, na neve, na lama.

Vestido de noite Jean Patou, da década de 1930.
Outro museu com um acervo bem bacana online é do Fashion Institute of Technology, de Nova York. Do século XVIII aos dias de hoje.Vem ver!
O famoso vestido Delphos, de Mariano Fortuny, de 1925, inspirado na Grécia Antiga. Lindo demais!
Um tubinho de lã de Courrèges, 1968.

E essa bolsinha de plástico trançado, imitando palha, da Marcus Brothers? É de 1955! Uma graça!

Quando se fala em Moda, impossível não pensar na França. Aqui, você acompanha parte do acervo riquíssimo do Palais Galliera, o Museu da Moda de Paris:

Colete masculino do ano de 1750.
Capa de crepe de seda rosé, com passamanaria de ouro, de Elsa Schiaparelli, inverno de 1939.
Vestido plissado icônico de Issey Miyake, 1986.
Jaqueta de veludo de seda, de Thierry Mugler, inverno de 1985.

Os japoneses não deixam nada a desejar. Se são capazes de exportar criadores de Moda brilhantes, imagine só como deve ser o acervo do Kyoto Costume Institute! O site apresenta uma linha do tempo em ordem cronológica. Vale a pena conferir.

Crinolina da segunda metade dos anos 1860.
Peças do inesquecível baile das “Mil e uma noites”, de Paul Poiret, de 1914. A influência árabe é bem nítida.
Vestido de cetim, de Yohji Yamamoto, coleção verão 1998.

Uma ideia sobre “Cinco acervos de Moda pra você fuçar online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *