Cartão vermelho para o juiz espanhol! Cartão vermelho para a Fifa!

O colombiano Camilo Zuniga agrediu os jogadores brasileiros várias vezes durante a partida contra o Brasil e o juiz espanhol Carlos Velasquez nada fez.

Não seria caso de Zuniga ter recebido cartões amarelos? E, por fim, o cartão vermelho, quando provocou a fratura da vértebra de Neymar, que saiu de maca do gramado, como se tivesse participado de uma luta de MMA e não um jogo de futebol? Posteriormente tivemos a notícia de seu impedimento de participar do resto da Copa.

Este, para mim e para o Brasil inteiro, foi um fato criminoso!

Não seria caso de o juiz ser responsabilizado criminalmente, perante os tribunais esportivos e outros, juntamente com o jogador da Colômbia, que sequer foi advertido?

E a carreira do jogador Neymar, como fica? Seus sonhos, suas expectativas, todo seu esforço para se preparar para esta Copa do Mundo, que seria seu grande momento profissional? Que satisfação será dada a ele pelos diretos responsáveis?

A Fifa não vai se manifestar? Não vai se justificar pela postura omissa desse juiz? E este, vai sair de fininho? Quanto a Zuniga, voltará para a Colômbia coberto de glória ou será responsabilizado pela agressão?

A Fifa sai seriamente contundida desta Copa das Copas sob todos os aspectos.

  • Pela arrogância como tratou o Brasil durante a preparação do evento.
  • Pelo vexame de sua corrupção intestina, com a máfia do tráfico de tickets dos jogos agindo junto à cúpula da própria instituição, conforme a investigação empreendida pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, e atuando há quatro Copas do Mundo, período da gestão de Joseph Blatter.
  • Pela sua postura omissa, que inspira leniência com juízes tolerantes diante de tamanha truculência em campo contra os jogadores brasileiros, nossas estrelas.

Uma violência invejosa, que não é de hoje. Vem de longe, longe mesmo. Lembram-se daqueles pontapés de Zidane em Ronaldinho, completamente tonto na final da Copa de 98, na França, e o juiz sequer deu uma advertência? Parecia que o projeto era mesmo o Brasil perder.

Assim como o Brasil sai engrandecido desta Copa do Mundo, a Fifa deverá terminar esta Copa desmoralizada, com a imagem de uma instituição desmesuradamente ambiciosa e intestinamente corrompida, precisando com urgência corrigir seus rumos.

 

26 ideias sobre “Cartão vermelho para o juiz espanhol! Cartão vermelho para a Fifa!

  1. A principio parabenizo Hildegard Angel, por todo o trabalho maravilhoso que tempo realizado em pautar com a verdade.
    Grande jornalista, e figura respeitável.
    Quanto a FIfA e os últimos episódios que vêem acontecendo na copa, deixo o meu repúdio.
    Não dá para assistir toda esta covardia, este desrespeito, para não dizer este despreso que teem tratado os nosso jogadores.
    Seja por inveja, ou por se acharem superiores como pessoas e ou instituição, é abominável, é deplorável, e criminoso.
    Gostaria de poder fazer alguma coisa para mudar estes comportamento inconvenientes, que temos sofrido, tanto como cidadãos, bem como NAÇÃO.
    Somos um povo amável, alegre, e cordial. Dai acharem que somos babacas ou simplórios, é demais!
    Esta copa foi usada de uma maneira politiqueira, rasteira e sem escrúpulo, por parte da grande imprensa e de certos partidos que não tendo projetos para o país,e querendo ser governo à qualquer custo, decidiram boicotar, achincalhar, e botar a culpa na Presidenta.
    Espero que os meus compatriotas náo sejam mais uma vez enganados.

  2. Perfeita colocação !
    Estamos na era da proteção dos animais e inclusive os racionais’
    A preservação da espécie humana também !
    Impossível essa inércia diante dessa violência , foi registrado o acidente de trabalho? A intenção da violência ?
    É necessário providencias !

  3. Em nome da lisura no jogo…do fair play…acovardados pelos que torcem contra…dos que plantam mentiras como este pulha do Jorge Kajuri sobre “a Copa comprada”, que agora se mete a candidato a deputado, dos pessimistas…assistimos calados desde o primeiro jogo a uma violência, comparada a desferida pelos portugueses contra Pelé em 1966, ao Neymar. Os chilenos bateram…os colombianos, menos desleais, mas bateram…a FIFA permitiu…a Confederação Brasileira de Futebol permitiu. Estão satisfeitos? O Neymar Jr. está fora! Está na hora do basta! Se os alemães baterem…tem que bater também!!!

  4. A violência nos jogos da Copa do Mundo começou em 1966 na Inglaterra, quando lhe deu o seu primeiro título. A maioria dos países da Europa usou esse tipo de artifício para impor aos países da América do Sul o novo modo de se jogar futebol. Argentina, Uruguai, Colômbia, dentre outros, se adaptaram jogando na base da truculência, principalmente, com o seu adversário histórico, o Brasil. Desde então, o Brasil, com o seu jogo bonito, o futebol arte, e com um grande celeiro de craques, ficou meio perdido.
    Zuniga faz parte de dezenas de jogadores medíocres, que apelam para a violência extrema no sentido de anular um grande jogador como Neymar: a joelhada voadora, que poderia ter terminado com a carreira dele.
    E, em se falando da FIFA, ela é um ninho de vespeiro, que, como sugestão aos países que são amantes do verdadeiro futebol arte, estes deveriam sair o mais rápido possível daquela instituição e criar uma outra Copa do Mundo.

  5. GOOOOOOLLLLL da HILDE !!! Tanto no texto – como sempre- mas na primeira “resposta!!!Nada à acrescentar.

  6. Zuniga deveria ser preso e, nao ser passivel de deixar o Brasil.Este “arbitro” deveria ser expulso para o resto da vida de apitar qualquer jogos futuros.Foi uma barbarie.Estou com voce 10000%, Hilde. E nem posso ser considerada grande fa do Brasil. Neymar poderia ter ficado paralitico para sempre.E, seus sonhos e futuros, arruinados.Esta FIFA TODA e, seus dirigentes, deveriam estar na cadeia.Abracos.

  7. Minha cara Hilde, sou como você inteiramente a favor de apuração sobre a leniência dos juizes e essa dona fifa corrupta. Acho mesmo que isso traz uma importância muito grande seja pela continuidade da copa, seja pelo reflexo dessas questões sobre o futebol brasileiro, pois sabemos que a CBF e as chamada federações estaduais se pautam por essa conduta muitas vezes criminosas pois são corruptas e, o pior, tem à sua frente pessoas como esse Marin – indivíduo corrupto e criminoso ligado ao que pior houve no Brasil: a ditadura-civil-militar. Urge que as consciências críticas se façam ouvir. Espero que nossa Presidenta Dilma Roussef se pronuncie sobre isso. Juca Kfouri, José Trajano e uns poucos jornalistas sérios tem-nos mostrado o que é esse “padrão Fifa”. Sigo sempre seus comentários e posts. Grande abraço, Jorge Pimenta.

  8. Apoiado! Deve ser responsabilizado. Zuniga, sabendo que estava fora da Copa, com esse gesto, quis tirar Neymar e o Brasil da final.

  9. O assunto em debate é a agressão que Neymar sofreu dp jogador colombiano Zuniga.que aplicou forte joelhada nas costas de Neymar na altura dos rins.. A CBF já deveria ter entrado com representação junto da FIFA, exigindo punição do agressor, ressarcimento de todas as despesas médico/hospitalares e pagamento ao agredido de indenização pelos danos morais e materiais causados pela covarde agressão. A indenização deve ser avaliada como até dez vezes o valor de salário mais prêmios do jogador como campeão do mundo em 2014.
    Desviar deste assunto para politicagens, mostra falta de entendimento do que foi escrito no blogue.

    • Perfeito Sr. Marcos Pinto Bastos, concordo plenamente com o que disse. Penso que A CBF já deveria ter entrado com a representação. Vamos cobrar isso da CBF, não podemos deixar impune essa covardia, essa falta de esportividade desse rapaz. Ele precisa ser penalizado pelo ocorrido.

  10. Belo texto! Toda vez que leio algo escrito pela senhora sinto mais orgulho ainda de ser brasileiro, continue sendo essa pessoa maravilhosa.

    • Concordo plenamente com o Joubert. Lucidez, desapego, foco e profissionalismo são coisas raras e apaixonantes hoje em dia na mídia. Quanto à copa, espero que não quebrem o Robben nem o Messi pois a alegria de ver o jogo iria embora de vez.

  11. Muito oportuno e brilhante o que escreveu. Mas só uma ressalva: Não foi a interpol, nem FBI, nem Polícia Federal que desbaratou a quadrilha de venda ilegal de ingressos, foi a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

  12. A Copa ainda não acabou. Se a FIFA foi arrogante, pior foi sentimento de vira lata que se apossou de nossos governantes dizendo sim à todas absurdas exigências dessa entidade. Tudo isso faz parte do grande projeto de perpetuação no poder desse partido que aí está

    • Paulo,
      não conheço partido político que não queira se perpetuar no poder. No Brasil ou no exterior. Todos querem fazer seu sucessor. É parte do jogo. O erro, o condenável, é se querer inverter as regras do jogo democrático, em nome do desejo de se chegar ao poder, através de prática que não seja a do voto. Como tentaram fazer em 54. Como fizeram em 64. A isso se chama Golpe.
      Abraços
      Hilde

      • Compartilho e concordo plenamente com seu texto. Aliás, com seus textos. Me alegra ser brasileira e te você como conterrânea!

      • Pois é. Os tucanos estão no poder há 20 anos em São Paulo, e pelo que me consta vão tentar ficar mais quatro anos no governo do estado.

    • Na minha opinião, a Fifa deu um trança-pé no governo e na comissão organizadora. Não posso acreditar que o nosso governo seja conivente com brutalidades e crimes no futebol, mesmo porque, as negociações para que a copa fosse no Brasil, ocorreram em clima de disputa com outro países, se me lembro bem. O Lula suou a camisa para que isso acontecesse. Porém quando tudo se confirmou e começaram os preparativos para a copa, a Fifa mostrou suas garras.,dando ordens e inspecionando os trabalhos e os trouxas brasileiros acreditaram em suas boas intenções. Agora eu pergunto: Onde estão as manifestações da CBF? contra esse despautério? Ou, “também pertence a esse capitalismo para não dizer “quadrilha de crime organizado”? FIFA (Fundação de Investimentos de Falcatruas Anônimas).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *