Carioca faz restrições ao turismo GLS!

Com o o apoio da Fundação Cesgranrio e do Site Consultoria em Turismo, foi realizada, do dia 1º a 15 de maio, uma pesquisa sobre turismo GLS na Cidade do Rio de Janeiro, por 20 alunos dos cursos de Turismo e Hotelaria da UniverCidade, sob coordenação dos professores Bayard Boiteux e Mauricio Werner

Entrevistados por telefone, 1.200 cariocas foram ouvidos sobre os impactos do turismo GLS na população carioca. E sabem o que se contatou?

Que 60% dos ouvidos desconhecem tal segmento…

Que 45% acham prejudicial que o Rio seja considerado “gay friendly”…

Que 30% acham que a cidade precisa se preparar melhor para o turismo GLS…

Que 40% acham que deve ser criado um bairro específico para desenvolver tal segmento, como acontece em outras cidades…

  • Dos pesquisados, 45% são mulheres e 55% homens…
  • 40% moram na Zona Sul, 30% na Zona Norte e 30% na Zona Oeste.
  • 50% têm nível médio, 35% superior e 15% fundamental…

Moral da história: ainda há muito preconceito entre os cariocas, que estão bem precisados de uma campanha de esclarecimento sobre a importância do gay para a nossa indústria turística…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *