CAMAROTE DO PORCÃO INCENDEIA, INCENDEIA E VIRA UM GRANDE BAILÃO NA SAPUCAÍ

No Carnaval carioca faz-se sempre altas conexões. Em alguns camarotes vips (nem todos), bailes vips, feijoadas vips circulam, descontraidamente, acessibilidade total, celebridades, empresários, políticos, os mais inacessíveis do planeta, de modo simpático e descontraído.

É ao som dos sambas-enredos que se travam relações sociais importantes e conhecimentos que seriam impossíveis de serem feitos, até mesmo nos salões da alta sociedade, pois muitas vezes os homens de negócios são avessos às festas e jantares do high.

E logo eu, uma comilona, fui conhecer no Camarote Porcão o Sergio Rial,  Chief Executive Officer da Marfrig Global Foods e Chief Executive Officer da Seara Alimentos S/A, do Marfrig Group, uma das maiores companhias de comida do planeta, compreendendo uma centena de fábricas no mundo inteiro e 91 mil funcionários, controladora de empresas como a Seara Brasil, a Marfrig Beef no Brasil (a terceira empresa de carne no mundo), a Keystone Foods, nos Estados Unidos e na Ásia, e a Moy Park, no Reino Unido.

Foi ótimo ficar assim tão perto do Rial, porque só a proximidade com tanta comida já me fez perder todo o apetite e evitar aquele Grana Padano maravilhoso que o Porcão estava servindo. 😉

Posso dizer que o Sergio Rial é uma pessoa muito simpática. E magra. Nem parece que tem toda a comida do mundo à sua disposição  😉  😉 😉

Vejam que gente agradável, feliz, bonita, e como o camarote, chega certa hora, incendeia, incendeia, a turma sobe nos estofados, começa a cantar, a sambar, e o Porcão da Sapucaí vira um grande bailão…

porcao 1

porcao 2

Fotos de Christina Bocayuva

 

2 ideias sobre “CAMAROTE DO PORCÃO INCENDEIA, INCENDEIA E VIRA UM GRANDE BAILÃO NA SAPUCAÍ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *