Borbulhinhas

Eram apenas alguns e bons amigos na homenagem pelos 98 anos da professora imortal Cleonice Berardinelli no Consulado de Portugal. Foram recebidos pelos cônsules muito simpáticos e brindados com um sarau lítero musical.

A pedido da acadêmica, as poesias do poeta e contista português Marcos de Sá-Carneiro, conhecedor da obra de Fernando Pessoa, foram musicadas pela cantora Adriana Calcanhoto e cantadas por ela ao som do violão!

E o incrível e emocionante foi assistir à quase centenária Cleonice acompanhar Calcanhoto, recitando os versos de cór. Ela ainda falou algumas palavras de agradecimento, antes de soprar o bolo todo branco, cheio de rosas brancas.

“Você faz parte da minha história. No dia 7 de outubro de 2014, venha comemorar meu aniversário no Rio de Janeiro Country Club. Agradeceria se em lugar de presente, fosse feita uma doação para a Casa Maternal Mello Mattos. Urna no local”. São os elegantes dizeres do convite de Cecília Dornelles para a celebração de seus 70 anos, com look de, no máximo, 50.

Segunda-feira, dia 1º, a pesquisadora Terezinha Leal de Meirelles faz palestra em benefício das crianças do Hospital do Câncer abordando a vida de Charles Louis Napoléon Bonaparte, sobrinho predileto do Imperador Napoleão.

As galerias do primeiro andar do Centro Cultural Justiça Federal serão ocupadas pela exposição Parâmetros da Liberdade, de Lella Castello Branco, que faz circuito internacional. O vernissage está marcado para o dia 9 de setembro, às 19h.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *