BAIXO DESEMPREGO NA CIDADE MARAVILHOSA SE DEVE AO ÍNDICE ALTO DE OBRAS PÚBLICAS, E 2014 VEM COM MUITO MAIS!

As grandes obras no município do Rio de Janeiro são as principais responsáveis pelo baixo desemprego registrado em novembro passado na Cidade Maravilhosa. A avaliação não é minha, é do diretor do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade, Manuel Thedim.

Porém, a taxa baixa de desemprego daquele mês de 2013, que foi de apenas 3,8%, poderia ter sido ainda menor se a prefeitura tivesse executado toda a verba prevista em seu orçamento para prevenir estragos causados pelas chuvas.Quem diz é a vereadora tucana Teresa Bergher.

Teresa constatou que, dos R$ 105 milhões do Programa de Encostas e Áreas de Risco Geotécnico, a Geo-Rio gastou apenas 37%; dos R$ 551 milhões de investimentos previstos para o Programa de Controle de Enchentes, a Rio-Água só executou 58% até agora. Segundo ela, quem se saiu melhor foi a Secretaria de Conservação, dando conta de 70% dos R$ 38 milhões destinados a  manter o sistema de drenagem.

Não há, no entanto, motivo para chorar sobre o leite derramado. A Prefeitura do Rio rompe 2014 cheia de fôlego e disposição para prosseguir a transformação da cidade para melhor. No penúltimo dia do ano, 30 de dezembro, ela publicou 66 novos avisos de licitação de obras na imprensa oficial!

Elas vão de reformas de conjuntos habitacionais na Zona Norte à construção ou às reformas de UPAs e UPPs; de obras de desassoreamento e drenagem em Irajá, Rocha Miranda e Clodovil à contenção de encostas; sem esquecer o Programa Morar Carioca, em Bangu, Campo Grande e Barreira do Vasco.

O 2014 já amanhece sorrindo para os cariocas.

Uma ideia sobre “BAIXO DESEMPREGO NA CIDADE MARAVILHOSA SE DEVE AO ÍNDICE ALTO DE OBRAS PÚBLICAS, E 2014 VEM COM MUITO MAIS!

  1. Gostaria muito de saber sobre as obras do morar carioca na comunidade da barreira do vasco, sou morador da mesma e ouço bastante especulações sobre essa obra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *