Baile do Copa: genialidade do grande artista Zéka Márquez trará os Anos Loucos parisienses ao Carnaval dos 450 Anos

as melindrosas

O Baile do Copacabana Palace 2015 vai reviver Les Années Folles.

Os memoráveis Anos Loucos, que iluminaram Paris e encantaram o mundo, causando um frenesi generalizado nas mulheres independentes dos anos 20, as famosas Melindrosas!

E elas prometem imperar com suas franjas, as fitas na testa e no pescoço, as piteiras, as ligas nas pernocas, pulseirinhas nos tornozelos, meias rendadas, joelhos à mostra, pinta no queixo, pega-rapaz (muuuitos) nos penteados, cabelos curtos batendo no queixo, pois nos anos 20 tudo balançava, tremia, mexia, requebrava, rebolava freneticamente, loucamente, loucura, loucura.

Neste 21º ano da maioridade de sua participação, produção, decoração e regência da festa mais linda de carnaval do mundo, o métteur en scène e cenógrafo Zéka Márquez mais uma vez virá com tudo para arrasar com “As Melindrosas Magic Ball”!

Um tema, além de inspirador, facílimo para ser interpretado pelas mulheres e os homens. Estes poderão usar smokings, casacas, summers, fraques, coletes, gravatas borboleta pretas ou brancas, cartolas, foulards, enfim, qualquer coisa que os deixem chiquérrimos e inspire a Paris de antigamente.

O Baile, vocês sabem, será no sábado de carnaval, como é tradição desde 1924. Muita água já rolou naqueles salões momescos. Água e peitos, inclusive o da Jayne Mansfield, quando a alça de seu vestido decotado se soltou e Jayne, também chamada “O Busto”, viu seus melões desabarem causando sensação.

Em 1964, o Rio de Janeiro festejava o Quarto Centenário e Julio Senna decorou o baile, ocupando sete salões, com Brigitte Bardot como atração especial e 180 músicos se revezando em orquestra ininterrupta.

Neste 2015, Baile dos 450 anos da Cidade Maravilhosa, Zéka Marquez celebrará as raízes francesas do Copa, hotel fundado pela família Guinle, com sua arquitetura Art-Déco, justamente no celebrado período em que Les Années Folles inspiravam o mundo.

E o Copa, meus amores, é o Copa. É o tambor de ressonância do Rio de Janeiro e assim tem sido desde sua fundação aos dias atuais. A caixa acústica que reverbera a sofisticação e o verdadeiro requinte para os quatro cantos nacionais, ça cas sans dire.

Queiram ou não, o Copacabana Palace Hotel é o cenário escolhido para os editoriais de moda e comportamento dos veículos mais importantes do mundo, quando aqui aportam para falar de qualidade no Brasil. Desse refinamento Zéka Marquez entende bem…

Leia mais a respeito:

As Adoráveis Melindrosas explicadas por seu criador, em texto culto e poético

3 ideias sobre “Baile do Copa: genialidade do grande artista Zéka Márquez trará os Anos Loucos parisienses ao Carnaval dos 450 Anos

  1. Parabéns desde já ao meu querido Rio de Janeiro ,são 450 anos de puro charme. Estarei no Copacabana Palace neste dia para brindar . Ate breve.

  2. Hilde é como SÓCRATES de nossa época… É uma despertadora de consciências e de inteligência!… É a memoria viva de um tempo… Sua vida é historia. Uma surpresa constante. Com seu porte de rainha. É majestade onde chega. Em sua versatilidade. Comparo-a com a DUCHESSE de Kingston, protegida do REI da Inglaterra, amiga de CASANOVA e recebida como amiga de CATHERINE, a Grande de RÚSSIA, A SEMIRAMIDE DU NORD!!! Que não era jornalista, atriz, femme du monde, como HILDEZINHA, mas fez couler beaucoup d’encre nos anos de 1775 no Reino Unido… Uma única mulher num único tempo… HILDEGARD ANGEL fais couler beaucoup d’encre no 21 siècle… ZKM…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *