A força das raízes

Metade da sociedade carioca nasceu pelas mãos do médico Jorge Rezende. Agora, o seu jovem filho, o médico Jorge Rezende Filho, seguindo os passos do pai, toma posse como professor da Faculdade de Medicina. Vai ser no dia 14, confirmando a tradição, no meio médico, de médico-pai e médico-filho, como entre os Novis, os Affonseca, os Rudge, os Atherino, os Haddad, os Queiroz Matoso, os Lopes Pontes

Na vida acadêmica literária, a regra do tal pai tal filho também acontece. Dia 22, será empossado, na Academia Mineira de Letras, Afonso Arinos, repetindo a trajetória do pai, também Afonso Arinos, que foi vai para a academia mineira depois de ser membro da brasileira. Recentemente, a Academia Mineira recebeu entre seus pares o neto de Alphonsus de Guimarães, Afonso Henriques de Guimarães Neto, e, em novembro, ela poderá eleger o neto de Augusto de Lima Junior, o jornalista-escritor Aristóteles Drummond, que sempre viveu dividido entre Rio e BH. Porém, viagens à parte, posso garantir que o coração de Ari nunca viajou: sempre morou em Minas Gerais. A academia também tem entre seus membros o neto de seu antigo presidente, José Oswaldo de Araújo, que vem a ser o celebrado prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo

Outra que segue a passos largos rumo à academia de Minas é a jornalista-cronista Ana Cristina Reis, filha do escritor celebrado Eduardo Almeida Reis, ilustre membro da TFM, que,depois de viver em Juiz de Fora, hoje mora em Belo Horizonte

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *