MARLENE SERRADOR: CHINA, SENHOR DO BONFIM, DUBAI

Marlene Serrador chegou hoje da Bahia onde foi para a festa do Senhor do Bonfim, pagar a promessa feita tempos atrás para vender seu hotel, o Serrador, no Centro do Rio.

Marlene agora resolveu curtir a vida e viajar. Chegou da China há um mês, adorou. Passou por Dubai, onde decidiu que vai voltar com mais tempo com as amigas. Estão faltando seis delas para formar um grupo. Quem se habilita?

Ela também já escolheu seu destino no carnaval, antes de ir a Dubai: Buenos Aires, num cruzeiro.

 

4 ideias sobre “MARLENE SERRADOR: CHINA, SENHOR DO BONFIM, DUBAI

  1. Muito MAL GOSTO neste GG! a BELISSIMA Lawrence parecia um burrito ou embutido enrolado! e a Sandra Bullock? coitadas…. mas a GRANDE da noite foi a Cate Blanchet! ELEGANCIA PURA ! 🙂

    • A grande da noite tambem foi a jovem atriz negra, Lupinka(?) do magistral filme 12 anos como escravo. O Ralph Lauren dela – FEITO NOS ESTADOS UNIDOS – ela estava TRANSLUMBRANTE.Abcs. Tatiana

  2. Estive no Dubai ha 8 anos. Nao volto nem que me proporcionem a passagem e, estadia. Tudo e MEGA! Super OVER! Igualzinho aos novos “ricos” do Brasil. Escandalosamente mega rico, sem nenhum gosto ou finesse. Para nao falar nos fundamentais direitos humanos que eles sao avessos. Importam qualidade de mao de obra a nivel de escravos. Ha pouco tempo o New York Times teve uma enorme materia de quantos Tibetanos, Filipinos e outros povos mais pobres, foram para la com imensas promessas de uma otima vida. Ate agora, centenas morreram pela condicoes de trabalhos que encontram, la. Sao sub pagos, condicoes de vida? AHAHAHAH Vivem em um calor diabolico, sem ar condicionado, e os “escravos”, sao mantidos em condicoes piores que a as peninteciarias brasileiras. Aproveito auqi, querida Hilde, para ACORDAR os brazucas” que vem para a Florida, deixarem milhoes de dolares – ( e MILHOES) , em Tommy Hilfiguer, Calvin Klein, Ralph Lairen , Gap e, outras marcas, comprando e comprando, sem a menor delicadeza e cuidado em indentificar AONDE estas “ropichas” foram feitas. Em Bangladesh aonde, quase 2500 trabalhadores morreram queimados…Ou na India? PITIFUL..O brasileiro mediano chega aqui, e, vai para o Trash-Mart.I mean Wal = Mart. Que destruiram mais de 30 milhoes de trabalhadores de sindicatos, para levarem trabalho para os “escravos” de paises sub desenvolvidos.
    Nao e o caso da Sra. Serrador, obvioulsy. Mas aqui, faco o alerta. Bjs e. boa noite, querida Hilde.Tati

Deixe um comentário para joao norton Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *