EFEITO MANIFESTAÇÕES: CANCELADO O ATHINA ONASSIS HORSE SHOW!

Cancelado o Torneio Athina Onassis do Rio de Janeiro! O mais prestigiado e importante torneio hípico internacional de salto do mundo. O grande frisson dos aficionados. O Rio de Janeiro figurar desse circuito é considerado um grande privilégio, uma fabulosa conquista esportiva para a cidade, mas… não há clima. Não dá para realizá-lo nesse ambiente de barril de pólvora que vive o Estado, que faz a cidade explodir, dia sim, dia também, em cada esquina, a cada bairro.

E sobretudo depois que os jornais disseram que o governo botou 10 milhões no torneio e que o Ministério Público reclamou.

É óbvio que os organizadores, Doda Miranda e seus associados, se preocuparam com a competição realizada ali, à beira da Lagoa Rodrigo de Freitas, local de tão fácil acesso, passível de ser alvo do ataque de manifestantes e de uma invasão.

Eles até pensaram numa alternativa 2. Imaginaram fazer um evento teste em Deodoro, onde iriam ser as Olimpíadas, mas ao que parece desistiram.

O Torneio Athina, a cada ano, tem um patrocinador master. Já houve várias. O Governo do Estado entrava com uma parte do dinheiro, em torno de 3 milhões, e as empresas patrocinavam com o restante, através de renúncia fiscal. Esse montante era repassado  pelos organizadores para uma ONG e, em princípio, o evento não poderia dar lucro. Porém, era impossível fazer um torneio de tal magnitude se contar com a venda de ingressos. O Ministério Público vê nisso uma transgressão.

E o que aconteceu? Diante desse impasse, os organizadores do Athina Onassis, por uma questão de prudência, refugaram!

Refugo é a palavra usada no salto hípico quando tudo dá errado. Com o cancelamento do torneio, deu errado também para a Hípica, que não é a promotora do evento, apenas cedia o espaço e recebia o aluguel.

É uma pena geral. Um torneio maravilhoso, evento espetacular, os organizadores resolveram, diante do quadro, não realizarem a etapa do Rio de Janeiro e pronto.

A Hípica agora está pensando em fazer um torneio realizado aqui sem aquela grandiosidade e sem financiamento e sem Athina Onassis.

athina e dodaAthina Onassis e Doda Miranda durante uma das edições do Athina Horse Show, na Sociedade Hípica do Rio de Janeiro

4 ideias sobre “EFEITO MANIFESTAÇÕES: CANCELADO O ATHINA ONASSIS HORSE SHOW!

  1. O Ministério Público do RJ virou correia de transmissão de partido emergente. Ponto. Até mesmo ocupação forçada de imóvel público, não sujeito a usucapião e sem ser para fins de moradia, eles apoiaram. Eles partilham, junto com esses partidos que querem ser poder, de uma nova visão das leis: só valem quando quem as transgride ou parece transgredir é alguma autoridade que eles pretendem detonar.
    Quanto ao argumento capenga de alguém que repete que não podemos fazer nada enquanto não resolvermos todos os nossos problemas sociais, observo que por tal lógica não poderíamos ter tido a Copa de 50, teríamos que cancelar Carnaval, São João, todo tipo de festa ou evento que ‘não contribui para solucionar nossos problemas sociais’.

  2. Foi prudente mesmo “refugar” esse milionário torneio, que seria patrocinado com dinheiro público do Rio de Janeiro quantia alta que sem dúvida beneficiaria muito a tão esquecida população carente – “carente” mesmo de “quase tudo” – principalmente de educação escolar… Vem daí um dos motivos das sucessivas e muito pertinentes – sem vandalismo, é claro – manifestações… Pois ninguém aguenta mais tantos desmandos pela quase maioria dos políticos brasileiros.

  3. Cidade que falta tanta coisa, não pode ter evento de luxo patrocinado com dinheiro público. Primeiro o dever e depois o lazer.

Deixe um comentário para jota mape Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *