DEPOIS DE 25 ANOS, LUCÍLIA LOPES SE SEPARA DO ISIDOR

Às vésperas de festejarem os 25 anos de seu casamento, a estilista Lucília Lopes e o empresário do setor imobiliário Isidor Weiss acabam de se separar. Já é oficial.

Lucília fez tudo de modo muito elegante. Formalmente, hora marcada, visitou cada um dos poucos casais amigos mais próximos, de íntima convivência ao longo dessas mais de duas décadas, para participar a separação. O que fez em termos da mais alta civilidade, pedindo discrição até que o fato fosse efetivamente formalizado.

Ela deixou o apartamento dúplex da Praia do Flamengo, com o mesmo desapego com que se mudou para lá quando deixou seu apartamento imenso na quadra da Praia do Leblon, e se transferiu para seu atelier no Leblon, onde está muito bem instalada numa suíte-apartamento interno, do tipo que sempre manteve em suas maisons, para os momentos de recolhimento (havia uma naquela sua casa-ateliê linda da Viúva Lacerda, lembram?).

A bela Lucília permanece no Rio para o Baile do Copa, onde vai estar no “Camarote Dadá das Divas Sociais”, desta colunista, e em seguida parte para um temporada de cursos de idiomas e de especializações de Moda (bordados, gestão, novas tecnologias…), em Milão e em Paris. Seis meses.

Lucilia Lopes e Isidor Weiss.jpg1 A sempre bela Lucília Lopes anuncia a separação de Isidor Weiss

Foto Sebastião Marinho

 

10 ideias sobre “DEPOIS DE 25 ANOS, LUCÍLIA LOPES SE SEPARA DO ISIDOR

  1. Lucilia é um encanto de pessoa, tanto profissionalmente, como amiga, merece ser muito feliz! Claro que ficamos tristes, afinal são muitos anos juntos, mas já não dava mais para disfarçar que os dois estaõ vivendo momentos diferentes!

  2. Conheci Lucilia Lopes na Fábrica de Armas´itajubá-MG casada com filhos pequenos, era amiga e vizinha da minha mãe Maria casada com o Ten. Chaves. Pessoa linda, gentil, generosa. Nunca a esquecemos. Felicidades Lucilia Lopes.

  3. Hilde , uma mulher chic como a querida Lucilia , muito linda e amada por todos, teve berço e educação e jamais faria diferente, pois classe sempre foi classe. Sabe como terminar e ser respeitada. O que certas desentendidas da sociedade carioca não sabem fazer, como temos acompanhado pelas redes sociais. abraços Sandra.

Deixe um comentário para Elizabete Lopes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *