O Copacabana Palace abre mais uma vez seus salões para o bazar de Natal mais tradicional do Rio

Há mais de 20 anos, Dom Cipriano promove seu concorridíssimo Bazar de Natal, em benefício das obras sociais que mantém, com orfanatos em Botafogo e na Serra. Suas obras sociais existem, são reais, podem ser visitadas e dão orgulho a quem as apoia e tem a felicidade de visitá-las.

Nos últimos 12 anos, o bazar do Dom (como nós o chamamos) se realiza no Copacabana Palace, hotel grande parceiro da Sociedade Providência. São dois dias com os salões lotados e comprinhas de Natal acontecendo sem parar, sem parar, com os sobrenomes conhecidos do Rio circulando entre os balcões de roupas, artigos de cama, mesa, cozinha, casa, enfeites de Natal, roupinhas de bebê, artesanatos em geral, bijuterias, objetos variados para casa, joias, roupas, acessórios, cestaria, tudo criativo, diferente e que dá vontade de ter ou de levar para presentear no Natal.

Este ano, a ausência sentida, pela primeira vez, foi a da patronesse de honra Mariza Gomes da Silva, que compensou a ausência enviando como doação uma caixa cheia de bijuterias, adquiridas por ela em São Paulo, para serem vendidas em prol do Bazar.

O Bazar se encerrou ontem, com a entrega no salão do Copa, pelo deputado católico Márcio Pacheco, da Medalha Tiradentes, In Memoriam, ao fotógrafo Augusto Malta, entregue ao seu neto Mauro Malta, braço direito de Dom Cipriano.

Augusto Malta fez os históricos registros fotográficos da Cidade do Rio de Janeiro, por ocasião da grande demolição da Avenida Rio Branco, pelo prefeito Pereira Passos. Ele documentou toda a transformação pela qual passou a cidade. O antes e o depois. Um registro histórico fundamental.

Dom Cipriano e as patronesses - Gisela Amaral,Beth Serpa,Hildegard Angel,Ida Veiga,Belita Tamoyo,Regina Pinto,Ines Bloch e Maria Malta

 

Dom Cipriano e suas patronesses: Gisella Amaral, Beth Serpa, Hilde, Idinha Seabra Veiga, Belita Tamoyo, Regina Andrade Pinto, Inês Bloch e Maria Teresa Malta. Todas nós reunidas na abertura do Bazar de Dom Cipriano, enquanto as demais cariocas borbulhantes estavam na Casa Cor, no almoço da Sara 

Harilda Larragoiti e Dom Cipriano

Harilda Larragoiti e Dom Cipriano

Vera Bangel

A elegante Vera Bangel vai às comprinhas de Natal

Lou Leta

Lou Leta, uma das fieis apoiadoras da obra social de Dom Cipriano, sobrinha de nossa saudosa Bebeth Freitas

Carlos e Beth Serpa, Belita Tamoyo e Suzete Conteville

Na mesa dos Serpa, com ele, Belita Tamoyo e Suzette Conteville

Rosane Lamah, Kiki Bastos e Mariza Coser

Rosane Lamah, Kiki Bastos e Mariza Coser esticaram mais tarde para o shopping de Noel de Dom Cipriano, depois das joias da Sara na Casa Cor

Monica Leta

Monica Chinaglia Leta – a família Fernando Chinaglia, dos tradicionais distribuidores de revistas, sempre foi grande aliada do Dom

Lucia Grossi

Lucia Grossi atuou como voluntária do Bazar

Marilia Baltone, Angela Galucci, Jose Geraldo, Natalia Vilas Boas, Glaucia Gomes , Lucia Grossi, Rosemary Lima, Babriela Lara e  Maria TelmaA equipe de voluntários do Dom: Marilia Baltone, Angela Galucci, Jose Geraldo, Natalia Vilas Boas, Glaucia Gomes , Lucia Grossi, Rosemary Lima, Babriela Lara e  Maria Telma

IMG_3092

Um dos itens mais bonitos que pesquei no Bazar: as imagens sacras de Regina Horta (irmã do Luís Paulo Horta) de gesso, estampadas pela técnica de decupação.

Gisela Amaral e Beth Serpa

Gisella Amaral combinava com Beth Serpa a festa que vai fazer no palacete Cesgranrio, antiga residência Rocha Miranda, no Rio Comprido, com exposição de fotos de Dom Joãozinho, balé de Ana Botafogo coreografado pela Dalal e um concerto de piano. Tudo em benefício da Ordem do Santo Sepulcro. 

Fotos Marcelo Borgongino

4 ideias sobre “O Copacabana Palace abre mais uma vez seus salões para o bazar de Natal mais tradicional do Rio

  1. Gostaria de participar do evente de dn.Beth Serpa sobreordem do Santo Sepulcro obrigada Cecilia Capdevila.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *