Claudio Magnavita, o secretário de Turismo artilheiro da Copa

Foi no anfiteatro da Cia Caminho Aéreo Pão de Açúcar, na Urca, com aquele vistão. Ontem, 40 alunos do Senac RJ receberam das mãos do ministro do Turismo, Vinicius Lages, certificados de conclusão dos cursos de Garçom, Recepcionista de Eventos, Inglês Aplicado a Serviços Turísticos e Recepcionista em Meios de Hospedagem. Era a formatura do Pronatec Turismo. Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego.

Além do Ministro, compuseram a mesa o Secretário Estadual de Turismo, Claudio Magnavita, o candidato a deputado e ex-secretário, Ronaldo Ázaro, e outras autoridades ligadas ao trade turístico.

No tradicional e obrigatório momento regulamentar dos discursos, um barulho irritante da serra de uma obra ao lado zoava incessante, dificultando a audição geral. Impossível interromper, pois tudo obedece à cronologia da corrida para a Copa do Mundo. O secretário Magnavita pegou o microfone e, citando JK, improvisou, dizendo que, em situação idêntica, o presidente desenvolvimentista impediu que parassem os trabalhos, determinando: “O trabalho passa na frente de qualquer discurso”. E aprimorou: “Além disso, é uma forma de trabalhar para o Turismo. Eles estão contribuindo para o sucesso da Copa!”

Um artilheiro nato!

magnavitaClaudio Magnavita, o secretário de Turismo artilheiro

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *